Diretor do Corinthians revela papo com Dorival e ‘grande nome’ antes da efetivação de Carille

    O Corinthians realizou em 2016 uma espécie de ‘dança das cadeiras’ com treinadores antes de oficializar e uma vez por todas Fabio Carille até o final da temporada. Porém, até acertar com o auxiliar, a diretoria do Timão procurou outros dois nomes para ocupar a vaga de treinador da equipe em 2017. Em entrevista à ESPN Brasil, Flavio Adauto, diretor de futebol do Corinthians, confirmou que houve uma conversa com Dorival Jr, mas que o ‘grande alvo’ não pôde assumir o time.

    Saiba mais:

    Ex-Fla acerta com a Inter

    Coutinho quase acertado

    Rueda muito perto do Fla

    “Houve uma sondagem ao Dorival Júnior que terminou no mesmo dia. Em meio à toda aquela busca por técnicos, o meu preferido era o Reinaldo Rueda. Ele estava no Japão, o time dele atuava de forma moderna, era um nome interessante. Só que ele tinha que realizar uma cirurgia na época e descartou assumir qualquer trabalho naquela época. Bendita seja a cirurgia, por que assim pudemos efetivar o Carille”.

    Flamengo, Palmeiras e mais nesta semana no FOX Sports

    Ao longo de 2016, o Corinthians contou com quatro treinadores. Depois de Tite deixar o time para assumir a Seleção Brasileira, a diretoria anunciou Cristóvão Borges, que não deu certo e deu lugar a Oswaldo de Oliveira, que também teve um aproveitamento ruim e abriu espaço para Fabio Carille, que acabou sendo efetivado como treinador.

    Veja Também