Encostado no Corinthians, Cristian fecha com Grêmio após lesão de Maicon

    • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

      Volante Cristian, durante treino do Corinthians. Jogador deve atuar no Grêmio

      Volante Cristian, durante treino do Corinthians. Jogador deve atuar no Grêmio

    O Grêmio agiu rápido. Depois de confirmada parada de Maicon, que volta apenas no ano que vem, o Tricolor está muito próximo de anunciar o substituto. Trata-se de Cristian, 33 anos, que deixa o Corinthians, justamente adversário gremista pelo título do Campeonato Brasileiro.  

    Segundo apurou o UOL Esporte, o jogador chega a Porto Alegre neste sábado para realizar exames médicos no começo da semana e assinar com o time gaúcho até o fim do ano. O vínculo com o Timão vence no mesmo período.

    A assessoria de comunicação do Corinthians, questionada pelo UOL Esporte, informou que o jogador foi liberado pelo clube para realização de exames clínicos em Porto Alegre. 

    Cristian está ‘encostado’ há seis meses no time paulista. Fora dos planos, o jogador buscava uma negociação e chegou a abrir conversas com equipes como Chapecoense, Guarani e o próprio Grêmio em outro momento, mas houve um desacordo salarial.

    A situação em relação aos gremistas mudou a partir da lesão de Maicon, que não jogará mais nesta temporada e inclusive já passou por cirurgia. Cristian chega a Porto Alegre como alternativa rápida para a posição. 

    No Corinthians, poucos jogos, muitas lesões e afastamento em três anos 

    Adquirido como um dos principais reforços do Corinthians para a temporada 2015, Cristian assinou vínculo por três anos, mas pouco conseguiu atuar no clube em que havia construído status de ídolo em 2009. Ele teve problemas físicos nos dois anos iniciais, fundamentalmente no púbis e na panturrilha, e mostrou dificuldade em se manter no melhor nível depois de passagem de destaque pela Turquia, com o Fenerbahce.  

    Cristian fez 26 jogos em 2015, 18 jogos em 2016 e, neste ano, não atuou. Fora dos planos do treinador Fábio Carille, que buscava jogadores de maior intensidade para a posição, foi afastado do grupo em março depois de fazer críticas à direção do clube em entrevista ao Diário Lance. Nos últimos seis meses, ele cumpriu horários diferentes do elenco principal à espera de uma transferência. 

    Ainda não há detalhes sobre os termos do acerto entre Grêmio e Corinthians, que tem em Cristian um de seus maiores salários de todo o grupo. Desde a chegada, o volante recebia aproximadamente R$ 430 mil por mês – o vínculo entre as partes expira em dezembro, e a direção corintiana se mostrava reticente em ceder o jogador com salários pagos para outro time, o que dificultou sua saída durante 2017. 

    Veja Também