Osmar Loss - Corinthians

    Entre mata-matas e viagens, Loss planeja ‘escalada’ do Corinthians em agosto

    O mês de agosto trará um novo desafio para o técnico Osmar Loss e o Corinthians: entre Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil, serão nove jogos e viagens a Santiago, no Chile, Chapecó, em Santa Catarina, e Rio de Janeiro.

    A sequência começa nesta quarta-feira, contra a Chapecoense, em Itaquera, às 21h45 (de Brasília), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

    Para dificultar ainda mais, quatro jogadores (os atacantes Jonathas e Roger, o lateral Mantuan e o volante Renê Júnior, que só volta a jogar em 2019) se recuperam de lesão e outros sete deixaram o clube nas últimas semanas (os laterais Sidcley, Juninho Capixaba e Léo Príncipe, o zagueiro Balbuena, o volante Maycon, o meia Rodriguinho e o atacante Kazim).

    No período, foram contratados o lateral-esquerdo Danilo Avelar, o volante Douglas e o atacante Jonathas, além do atacante paraguaio Sergio Díaz e do meia chileno Ángelo Araos, que foram anunciados nesta segunda-feira e ainda não estrearam.

    Foto: Ag. Corinthians

    Com elenco mais “enxuto”, como o próprio Loss define, a ideia é priorizar sim Libertadores e Copa do Brasil, mas sem abrir mão de uma equipe competitiva no Brasileirão.

    – Nós vamos entrar em competições eliminatórias, Copa do Brasil e Libertadores, mas o Brasileiro ainda tem uma série de jogos pra correr. Quando a gente estiver próximo desses jogos, vai estudar muito bem qual estratégia adotar. Se a gente vai ter muita gente desgastada ou um princípio de lesão que pode interferir, vamos estudar caso a caso. Quando a gente tiver jogos da Copa do Brasil e da Libertadores, vai priorizar esses dois jogos, mas não vai abrir mão do Brasileiro de forma alguma – afirma o técnico.

    O Corinthians enfrentará a Chapecoense, pela Copa do Brasil; o Colo-Colo, pela Libertadores; e Atlético-PR, Chape, Grêmio, Fluminense e Paraná, pelo Brasileirão. As metas são classificar o Corinthians às semifinais da Copa do Brasil e às quartas de final da Libertadores, e “dar uma escalada no Brasileiro” – hoje o time está na sétima posição.

    O mês de agosto do Corinthians

    DiaCompetiçãoJogo
    Copa do BrasilCorinthians x Chapecoense
    4BrasileirãoCorinthians x Atlético-PR
    8LibertadoresColo-Colo x Corinthians
    12BrasileirãoChapecoense x Corinthians
    15Copa do BrasilChapecoense x Corinthians
    18BrasileirãoCorinthians x Grêmio
    22BrasileirãoFluminense x Corinthians
    26BrasileirãoCorinthians x Paraná
    29LibertadoresCorinthians x Colo-Colo

    Para Loss, é preciso ter cautela para não aumentar o número de jogadores machucados.

    – Torna mais complicado nosso trabalho porque a gente tinha um elenco que todos diziam que era inchado, mas dava todo suporte pra gente fazer variações. Hoje, devido a saídas e lesões, o elenco ficou até enxuto. Pra se ter uma ideia, (contra o Cruzeiro) apenas três jogadores em condições não estavam relacionados para o jogo, então torna a tarefa mais difícil. Mas eu acho que a gente tem totais condições de, pontualmente se houver necessidade, dar uma descansada em algum jogador – afirmou.

    Em entrevista na última quinta-feira, o presidente Andrés Sanchez respondeu a dúvidas e cobranças da torcida e afirmou que o Corinthians continuará sendo competitivo nas três competições em disputa.

    – Do time bicampeão paulista, perdemos quatro jogadores, mas vendemos dois, de negociações que já vinham desde o ano passado, o Maycon e o Rodriguinho. Eles quiseram sair e aqui só vai ficar quem quiser jogar no Corinthians. A prioridade aqui será sempre o departamento de futebol e o torcedor pode ter certeza de que vamos continuar com um time competitivo – destacou Andrés.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Angelo Araos - Corinthians