Fábio Santos vê injustiça e lamenta por ter prejudicado time

    O lateral esquerdo Fábio Santos acumulou duas expulsões pelo Corinthians nesta Copa Libertadores da América. Além de ter recebido o cartão vermelho na estreia do clube, contra o Once Caldas, o jogador também foi excluído nesta quarta-feira, assim como Jadson, na derrota por 1 a 0 para o Guaraní, que causou a eliminação.

    “Não vi ainda o lance de hoje (quarta). A adrenalina mais acima acaba atrapalhando. No primeiro jogo, houve uma expulsão sem necessidade. Mas, hoje, no meu modo de ver, não foi justa a expulsão, não tinha feito falta e nem levado cartão amarelo. Mas isso não tem mais volta, não adianta ficar remoendo. Vai ser difícil dormir até sábado, tendo de aceitar a desclassificação. Foram duas expulsões que não podem acontecer. Isso tem prejudicado a equipe”, comentou.

    Depois da derrota por 2 a 0 no Paraguai, o Corinthians chegou à partida em Itaquera com a necessidade de triunfar por três gols de diferença. Porém, o clube mostrou dificuldade no primeiro tempo e teve a situação ainda mais dificultada quando Fábio Santos foi expulso aos 8min da etapa final, por ter deixado o pé muito levantado em disputa com Santander. O time paulista também perdeu o meia Jadson, que acertou a mão no rosto de Benítez.

    Apesar de saber que as expulsões complicaram, Fábio Santos evita apontar um lance como determinante, sem avaliar mais detalhadamente sua própria jogada. “É difícil falar agora. Na hora do jogo, achei injusto, mas não vi o momento. Acabou prejudicando. Não tem um lance capital, mas jogar com um a menos dificulta as coisas”.

    O lateral esquerdo se diz preparado agora para as críticas que o Corinthians receberá por ter se despedido da Libertadores logo nas oitavas de final, com duas derrotas para o clube paraguaio.

    “Hoje não é o dia de falar muita coisa, está todo mundo de cabeça quente, chateado, porque não foi o que esperávamos. Temos de abraçar um ao outro, sabendo que as críticas vão acontecer. O baque é grande para recuperar, mas sábado já tem outro jogo para continuar no Brasileiro”, completou, citando a partida contra a Chapecoense , em Araraquara.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians