Fagner critica projeções e lembra: “Ninguém acreditava no Corinthians”

    • Marcello Zambrana/AGIF

      Fagner em ação contra a Ponte: Corinthians somou apenas um ponto em quatro jogos

      Fagner em ação contra a Ponte: Corinthians somou apenas um ponto em quatro jogos

    O Corinthians vive uma fase instável a dias do duelo direto com o Palmeiras, que, por sua vez, atravessa um bom momento na temporada. Nesta terça-feira, o lateral direito Fagner fez críticas às projeções feitas nas últimas semanas em relação à tabela do Campeonato Brasileiro. Para isso, o jogador citou o começo da temporada do time alvinegro.

    “Às vezes falam muito, falam antecipado de algumas coisas, e as coisas se resolvem em campo. Em janeiro ninguém acreditava que a gente ia chegar. Deixamos para que vocês analisem e façam projeções”, disse Fagner.

    “Se perguntar para qualquer um se acreditavam que íamos chegar na 31ª rodada assim, ninguém achava. O que vem de fora não nos atinge, vamos continuar nossa caminhada”, completou o lateral.

    Fagner ressaltou ainda que a equipe do Corinthians pode voltar a ter um bom rendimento justamente porque já conseguiu ser campeão paulista e também bateu o recorde de pontos no primeiro turno do Brasileirão.

    “Se não tivéssemos feito tudo o que fizemos, não teríamos um parâmetro. A gente tem que se basear nas coisas boas para repetir. Temos de ir para campo para repetir até chegar neste equilíbrio”, afirmou o jogador.

    O lateral direito descartou dar um peso a mais para o confronto com o Palmeiras.  “Todo jogo é importante. Todos os jogos têm a mesma importante. São 38 decisões. É mais uma no próximo domingo”, frisou.

    Segundo ele, nenhum resultado no clássico vai definir o campeonato, nem mesmo uma vitória corintiana, que faria o líder abrir oito pontos na ponta. “Pelo contrário. Temos de fazer um grande jogo e seguir fazendo nosso papel no decorrer do campeonato. Assim tem de ser até a definição do campeonato”, disse.

    Fagner também evitou falar do adversário, que conquistou dez dos últimos 12 pontos, enquanto o líder somou apenas um, com derrotas para Bahia, Botafogo e Ponte Preta.

    “Eu não sei sobre o momento do Palmeiras, estou me preocupando com o Corinthians. Nesta semana que a comissão está avaliando o que o Palmeiras tem para a gente neutralizar e fazer um grande jogo”, finalizou o lateral.

    Veja Também