FUTSAL: Em jogo dramático, Corinthians supera Sorocaba e está na final da Liga Paulista

    Foi sofrido, mas o Corinthians conseguiu alegrar a torcida presente no ginásio do Parque São Jorge com a classificação para a final do Campeonato Paulista de Futsal. Após perder na ida, a equipe alvinegra bateu o Brasil Kirin/Sorocaba, do astro Falcão por 2 a 1 no tempo normal e por 4 a 0 na prorrogação, indo assim para a decisão do torneio estadual.

    Na final, os corintianos se encontrarão com a Intelli/Orlândia. Já os sorocabanos focam agora na Liga Nacional de Futsal, competição em que volta a quadra na próxima segunda-feira, novamente contra o alvinegro da capital, novamente no Parque São Jorge.

    Com a mesma formação que bateu Carlos Barbosa na segunda-feira, o time alvinegro começou melhor que o adversário, que só parava o ataque dos mandantes na falta. Uma destas foi dentro da área, mas Simi parou em Tiago na cobrança de pênalti. Minutos depois, a equipe do interior estourou o número de faltas, o que gerou um tiro livre direto. Simi dessa vez passou pelo goleiro, mas parou na trave.

    O gol que abriu o placar ocorreu com Elisandro, apelidado de Imperador pela torcida corintiana por sua semelhança com Adriano, ex-jogador do Flamengo. Em uma jogada digna de sua força, ele gerou em cima de Rodrigo e bateu para o fundo do gol.

    Na segunda etapa, o Corinthians seguiu superior, e viu Simi acertar o travessão. Precisando do resultado, Sorocaba colocou Falcão pela primeira vez na partida, mas como goleiro linha. Em um dos seus primeiros lances, o astro errou e deu a bola no pé de Caio, que fez o segundo gol corintiano. Logo na saída de bola, contudo, Rodrigo aproveitou bola dividida e diminuiu para os sorocabanos.

    O fim de jogo foi maluco, com os dois times tendo oportunidades claras de gol. Neto salvou duas bolas em cima da linha e evitou a classificação dos visitantes, enquanto Caio e o próprio Neto quase marcaram para o time da casa, mas a bola passou raspando.

    Na prorrogação, Sorocaba já veio com o goleiro linha, mas o Corinthians conseguiu ser eficiente. No final do primeiro tempo, Betão errou passe no pé de Nenê, que, mesmo vendo o tênis do pé esquerdo sair do seu pé, bateu de direita para encobrir. Na segunda etapa, Rafa roubou a bola no campo de ataque e bateu entre as pernas do ‘goleiro’ Falcão para marcar o segundo. Ainda houve tempo para Caio e Nenê marcarem mais um gol cada e levar a torcida a loucura no ginásio corintiano.

    Veja Também