Gabriel diz que derrota fortalecerá Corinthians e fala em aumentar vantagem

    • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

      Gabriel lamentou primeira derrota, mas ressaltou campanha do Corinthians

      Gabriel lamentou primeira derrota, mas ressaltou campanha do Corinthians

    O Corinthians viu a invencibilidade chegar ao fim no último sábado contra o Vitória, em Itaquera. Dois dias depois da derrota por 1 a 0, o volante Gabriel afirmou que o resultado irá fortalecer ainda mais o time alvinegro, que lidera o Brasileirão com sete pontos de vantagem sobre o Grêmio, mesmo com um jogo a menos.

    “A equipe vai se fortalecer ainda mais com essa derrota. Não estávamos habituados a acontecer, mas somos seres humanos, o time fez um bom primeiro tempo, apesar de ter tomado o gol cedo, o que dificultou. Pressionamos, buscamos empate, mas não conseguimos”, disse o volante corintiano.

    A equipe alvinegra voltará a campo nesta quarta-feira, em Santa Catarina, contra a Chapecoense, em jogo adiado da 20ª rodada. O cenário foi citado por Gabriel e apontado como uma oportunidade.

    “Podemos abrir 10 pontos, é uma oportunidade muito grande para conseguir isso. Apesar da derrota, não podemos nos abalar. Tem de fortalecer, o campeonato não acabou. Precisamos ter concentração total para liquidar isso mais rápido possível”, ressaltou o camisa 5.

    Gabriel ainda comentou a série de 34 jogos sem derrotas do Corinthians. Antes do revés para o Vitória, o time não perdia havia 153 dias, desde a fase de grupos do Paulistão – a Ferroviária venceu por 1 a 0, em Araraquara, em 19 de março. 

    “Eu fiquei muito chateado. Quando a gente entra em campo, sempre quer vencer e entrar para a história. Mas tem de tirar o chapéu para essa equipe, que fez algo espetacular. Era um peso gostoso de carregar, 10, 20, 34 jogos sem perder. A gente queria ir até o final, mas não aconteceu. Podemos fazer mais história. Tira um peso, mas era um peso bom”, disse.

    Veja Também