Galiotte perderá Dérbi com Corinthians e oitavas da Libertadores por licença no Palmeiras

    O Palmeiras não terá seu presidente por quase três semanas a partir de sábado. Mauricio Galiotte irá tirar uma licença do clube para resolver problemas pessoais logo após o jogo contra o Grêmio, no Pacaembu, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    A informação foi divulgada pela Rádio Globo, que apurou o mandatário alviverde ficará cerca de 20 dias afastado de suas funções. O período fará com que Galiotte não esteja presente na delegação alviverde que viajar para o Equador, onde o Palmeiras enfrenta o Barcelona de Guayaquil, no dia 5 de julho, pela partida de ida das oitavas de final da Conmebol Libertadores Bridgestone.

    Além do confronto pelo principal torneio da temporada, Mauricio Galiotte também não estará no clube no clássico contra o Corinthians, dia 12 de julho, no Palestra Itália, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. As outras partidas serão contra Cruzeiro Flamengo e Sport – fora de casa – e Vitória na Arena. Neste período, o vice-presidente Genaro Marino assumirá as funções.

    Saiba mais:

    Turcos querem Borja

    W. José recusa o Barça

    Real quer zagueiro brasileiro

    Veja Também