Guerrero é liberado! Peruano e Sheik não jogam mais pelo Corinthians

    Após reunião na manhã desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, o Corinthians decidiu que Emerson Sheik e Paolo Guerrero não enfrentarão o Palmeiras no clássico deste domingo, na Arena Corinthians, pelo Brasileirão. Foi decidido também que o atacante peruano já está liberado do Timão e não treina mais com a equipe.

    Como revelou o LANCE! nesta terça, a diretoria alvinegra temia um “clima hostil” da torcida com Guerrero, que não aceitou baixar a pedida de luvas (R$ 18 milhões) para renovar seu contrato, que acaba em 15 de julho. No caso de Sheik, cujo contrato, que acaba em 31 de julho, não será renovado, a decisão teve aval da comissão técnica, que já vinha escalando o camisa 11 como reserva.

     

    Com a decisão, os ídolos da Libertadores e do Mundial de 2012, os dois dos mais importantes títulos da história alvinegra, não poderão se despedir da Fiel na Arena Corinthians. O clube planeja uma coletiva de imprensa, com homenagens, para oficializar a saída dos atacantes.

    Vale lembrar que, na última semana, a comissão técnica decidiu barrar o atacante Vagner Love para melhorar o condicionamento físico. Pela programação, ele ficaria fora contra Fluminense e Palmeiras para retornar apenas diante do Grêmio, na próxima quarta, na Arena do Grêmio. Além dele, Malcom está fora com a Seleção Brasileira para a disputa do Mundial sub-20 na Nova Zelândia. Luciano segue no departamento médico com lesão muscular na coxa esquerda.

    No contexto atual, Tite terá apenas dois atacantes à disposição para o Dérbi: Stiven Mendoza e Ángel Romero. É possível que Danilo atue improvisado como centroavante, como fez em algumas partidas da Libertadores deste ano.

    Veja a nota oficial divulgada pelo Corinthians sobre a liberação de Guerrero:

    ‘O Sport Club Corinthians Paulista comunica que a partir desta quarta-feira (27) o jogador Paolo Guerrero tem seu contrato considerado encerrado. Dessa forma, o clube atende ao pedido do atleta em relação à liberação.

    O Corinthians terá jogo importante no final de semana e precisa contar com os jogadores comprometidos para a sequência do Campeonato Brasileiro.’

    Veja Também