Há cinco anos, Tite fazia primeiro treino para decisão contra Chelsea (ING)

    Cinco anos atrás a Fiel estava ansiosa para ver Corinthians e Chelsea (ING) decidirem o Mundial de Clubes da FIFA. Poucas horas antes do dia 14 de dezembro de 2012 começar, os europeus haviam eliminado o Monterrey (MEX) na semifinal da competição que foi acompanhada de perto pela delegação corinthiana no Yokohama Stadium, em Yokohama, no Japão.

    Há dois dias da final, Tite comandou o primeiro trabalho alvinegro na cidade que sediaria o duelo. Apesar da proximidade do jogo, o treinador optou por não dar pistas da equipe que enfrentaria o Chelsea e realizou apenas atividades leves e recreativas.

    Porém, Tite já havia sinalizado que faria pelo menos uma mudança no time. Preocupado com o lado esquerdo dos ingleses, comandado pela habilidade do belga Eden Hazard, o técnico decidiu reforçar a marcação por aquele lado colocando um jogador de velocidade (Romarinho e Jorque Henrique eram os favoritos a assumirem essa responsabilidade).

    “Seria diferente, não vou ter um camisa 10 que vai me servir, mas seria mais rápido o contra-ataque, e também gosto de jogar assim. Sabendo que a qualquer momento quem entrar pode desequilibrar e fazer o gol do título”, disse o peruano Paolo Guerrero depois do treino.

    Veja Também