Ignorado no Corinthians, Jean vira líder de desarmes e é xodó do Vasco

    • Rodrigo Gazzanel/UOL Esporte

      Jean atuou apenas dez minutos com a camisa do Corinthians e virou titular no Vasco

      Jean atuou apenas dez minutos com a camisa do Corinthians e virou titular no Vasco

    O cenário de poucas chances como jogador do Corinthians em um papel secundário deu lugar ao protagonismo no Vasco. Emprestado ao clube carioca, o volante Jean vive uma situação completamente oposta àquela dos tempos em que defendia a equipe paulista. 

    Garantido no Vasco até o fim do ano, o jogador de 22 anos não demorou para encontrar espaço na equipe titular. Com mais aparições, Jean terminou o Campeonato Carioca como líder em desarmes. No Brasileirão, ele mantém tal posição depois de quatro rodadas disputadas.

    Nesta quarta-feira, em São Januário, pouco mais de quatro meses depois de acertar com o Vasco, o volante reencontrará o Corinthians e tentará ampliar a vantagem no fundamento. Até aqui, Jean fez 18 desarmes, contra 12 de Gabriel, titular corintiano na mesma posição.

    Jean acertou com o Corinthians em agosto do ano passado, mas teve poucas chances: foram cinco minutos sob o comando de Cristóvão Borges e outros cinco com Oswaldo de Oliveira. À época, Cristian e Willians foram os mais escalados na posição.

    No começo da temporada 2017, o Corinthians anunciou dois reforços para a posição de primeiro volante: Gabriel e Paulo Roberto. Àquela altura, Willians já havia deixado o clube e Cristian, por sua vez, ficaria fora da lista do Paulistão.

    Reencontro com Cristóvão e mais chances

    Paulo Fernandes/Vasco.com.br

    Jean no Vasco: chances e bom desempenho

    Logo que chegou ao Vasco, Jean reencontrou Cristóvão Borges e ganhou chances como titular. Em quatro meses, o jogador entrou em campo 20 vezes, 19 delas como titular. Com boas atuações, ganhou a torcida.

    Em alguns jogos do Vasco em casa, torcedores reeditaram a postura que tinham com Guiñazu. A cada desarme realizado em campo, os vascaínos imitam um latido de pitbull.

    Mesmo com a saída de Cristóvão e a chegada de Milton Mendes, Jean continuou em alta e até recebeu elogios públicos pela postura fora das quatro linhas. 

    “O Jean é um cara que tem uma aura boa, brincalhão. Às vezes você chega para dar uma bronca nele e ele já vem com aquele sorriso e você até desiste. É um cara que, se colocar na cabeça que tem de fazer o que dele se espera, pode ir longe. Já disse a ele que Dunga e Mauro Silva ficaram milionários fazendo suas funções bem feitas. Ele é um bom menino”, disse o treinador.

    Contrato longo no Corinthians e amigo de Verón

    Jean foi contratado pelo Corinthians após se destacar no Paraná na Série B do Brasileirão. Antes, porém, atuou na base do Estudiantes ao lado de Verón. A amizade foi mantida ao longo dos anos, com direito a encontro nas últimas semanas, antes da partida da equipe argentina contra o Botafogo pela Libertadores.

    O volante tem vínculo com o Vasco até dezembro deste ano, mas a diretoria do clube carioca ainda não sinalizou sobre uma possível ampliação. No Corinthians, o contrato de Jean vai até dezembro de 2020.

    O retorno ao Corinthians ainda é uma incógnita, mas Jean pode encontrar uma situação mais favorável, pois o contrato de empréstimo de Paulo Roberto, reserva imediato de Gabriel, se encerra no fim do ano.

    Veja Também

    Vídeos do Corinthians