Irritado, Tite barra Adriano contra Guarani e não o levará para o México

    A sexta-feira que parecia tranquila esquentou no Corinthians. Depois de ser escalado como titular no treino de quinta, Adriano foi barrado por Tite na atividade desta tarde, dando lugar a Elton. Na entrevista coletiva, que teve início com mais de uma hora de atraso, o treinador apareceu com cara de poucos amigos e confirmou que o Imperador não atua neste sábado e também está fora da viagem para o México, onde o Timão encara o Cruz Azul, quarta-feira, pela Libertadores.

    Enquanto Tite comandou uma atividade de posicionamento, Adriano foi colocado num outro trabalho com atletas pouco aproveitados. Depois disso, o técnico não foi para a sala de imprensa, como costumeiramente faz, e voltou para os vestiários para se reunir com o preparador físico Fábio Mahseredjian, o gerente de futebol Edu Gaspar, o diretor de futebol Roberto de Andrade e o diretor adjunto Duílio Monteiro Alves. O assunto, porém, não foi revelado.

    “Adriano está fora da equipe e fora da concentração. Adriano não treinou como gostaríamos durante a semana e está fora. Estava pré-determinado que não iria para a viagem. Os trabalhos durante a semana não tiveram intensidade, aplicação e dedicação como foram os outros.”

    Sorrindo pouco e sem fazer as tradicionais brincadeiras da entrevista, Tite tentou ao máximo fugir das perguntas sobre os motivos pelos quais optou por vetar Adriano dos próximos dois confrontos.

    “Eu peço para vocês, de forma respeitosa. Não me perguntem mais a respeito do Adriano. O Corinthians é mais importante que qualquer coisa. Sigam a percepção de vocês.”

    “Eu volto a dizer. Muito importante é o jogo de amanhã. A situação dele foi o trabalho realizado durante a semana, que não atingiu nos planos técnico e físico o que gostaríamos. Ele deu mais um relato que estava sentindo dor e sem força.”

    No fim da entrevista, ainda de cara amarrada, Tite foi perguntado se havia chorado por estar com os olhos vermelhos. Irritado, o treinador não se conteve:

    “Chorei p* nenhuma. Choro pelo meu filho. Chorei só pelo falecimento do meu pai.”

    Reportagem: Globo Esporte

    Veja Também

    Notícias do Corinthians