Jô 2017 x Gustagol 2019: Comparativo mostra qual time é mais dependente do artilheiro

    ​No início de 2018, o ​Corinthians perdeu Jô, centroavante e principal responsável pela conquista do Campeonato Brasileiro no ano anterior. Pois o clube passou a temporada passada inteira procurando um substituto à altura e não encontrou. E agora que Gustagol, antes emprestado ao Fortaleza, deslanchou, a equipe passa a depender mais dele do que do antigo artilheiro.

    Gustagol - Corinthians
    Foto: Ag. Corinthians

    Em 2017, com 61 partidas disputadas, Jô marcou 25 dos 86 gols do Timão, o que corresponde a 29% e uma média de 0,40 por jogo. Na atual temporada, Gustagol foi o responsável por nove dos 23 tentos da equipe, ou seja, 39,5%. Tendo disputado 15 compromissos, apresenta média de 0,60 gols. “O Gustavo está em uma fase maravilhosa. É uma ótima arma, assim como tínhamos o Jô em 2017. Era um goleador, mas que preparava a jogada para os companheiros também”, destacou o técnico Fábio Carille.

    Jô - Corinthians
    Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    No último domingo, Gustagol voltou ao time depois de período entregue ao departamento médico. Com meia hora em campo, foi dele o gol para garantir o empate em 1 a 1 com a Ferroviária, fora de casa, pela rodada de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. No período em que esteve fora, viu Mauro Boselli, contratado teoricamente para ser o titular da camisa 9 do Corinthians, passar em branco em quatro partidas. Por sua vez, Vagner Love, outro reforço de peso, balançou a rede apenas uma vez.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Fabio Carille - Treino do Corinthians