Jô indica peito na hora do gol, mas se esquiva em entrevista: “Não sei onde tocou”

    Jô se pronunciou sobre o polêmico gol na vitória do Corinthians sobre o Vasco, neste domingo (17 de setembro), em Itaquera. Depois de empurrar a bola com a mão no lance que originou o gol, o atacante se defendeu dos protestos dos vascaínos em campo. Enquanto o goleiro Martin Silva corria em direção à arbitragem, apontando para o braço, o corintiano indicou o peito.

    Porém, em entrevista ao canal Premiere após o fim do jogo, Jô afirmou que se jogou na bola e “não sabe” onde bateu. O atleta ainda foi questionado sobre o episódio envolvendo Rodrigo Caio, quando o zagueiro tricolor o salvou de receber um cartão amarelo. Na época, Jô elogiou a atitude do adversário e cobrou mais fair play dos jogadores e afirmou ao SporTV que “a mudança no futebol também passava pelo comportamento dos atletas”.

    “Eu não tenho convicção se foi com o braço, se tivesse eu ia falar. Me joguei, tanto que caí dentro do gol. Se ele deu gol, foi gol. Só vi que a bola entrou”, defendeu-se o corintiano.

    Saiba mais:

    Veja 3 golaços de Dybala

    Pinotti revela multa de Ceni

    Dembélé só volta em 2018

    Veja Também