Corinthians 2 x 1 Grêmio

Resultado

Amistoso 2018

Arena Corinthians

Corinthians
Grêmio
2 - 1
Final
Matheus Matias - 1 (68') Marquinhos Gabriel - 1 (72')
Corinthians 2 x 1 Grêmio - 1
Estatísticas
2 Cartões Amarelo 0
0 Cartões Vermelho 0
11 Finalizações 7
9 Faltas 11
4 Escanteios 2
Posse de Bola
50%
50%
Minuto a Minuto
KO
20. Danilo
46'
31. Marquinhos Gabriel
46'
29. Matheus Matias
46'
6. Juninho Capixaba
46'
22. Mateus Vital
46'
17. Thiaguinho
46'
15. Ralf
46'
14. Léo Santos
46'
13. Marllon
46'
29. Matheus Matias
68'
29. Matheus Matias
69'
32. Rodrigo Figueiredo
70'
31. Marquinhos Gabriel
72'
1. Caíque França
73'
33. Carlos
78'
20. Danilo
80'
FT

Video

Informações

Data Hora Campeonato Temporada
08/07/2018 11:00 Amistoso 2018

Notícia

Matheus Matias marca e reservas viram para o Timão diante do Grêmio

O Corinthians viu seus reservas mostrarem uma intensidade surpreendente na manhã deste domingo, na Arena Corinthians, e chegou a uma virada sobre o Grêmio, no segundo amistoso da equipe nesta inter-temporada. Após ser dominado no primeiro tempo e sair atrás com gol marcado por Léo Moura, o Timão viu um esquadrão reserva liderado por Danilo virar com gols de Matheus Matias e Marquinhos Gabriel para sair com a virada.

O triunfo foi o segundo consecutivo de Loss em amistosos, conciliado com o 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no meio da semana passada. Antes da retomada das competições oficiais, o clube do Parque São Jorge volta a enfrentar a Raposa na quarta-feira, dia 11 de julho, às 20h (de Brasília), mais uma vez em Itaquera.

O primeiro tempo mostrou um Grêmio bem tranquilo no gramado de Itaquera diante de um Alvinegro que conseguiu a proeza de, entre amistosos separados por apenas quatro dias, negociar dois titulares. Mal posicionado defensivamente, o Timão foi presa fácil tanto na saída de bola quanto na entrada da sua área, penando para marcar a boa movimentação de Luan, Everton e companhia.

A premiação gaúcha veio logo aos cinco minutos de bola rolando, quando Everton tabelou com André e passou com facilidade por Pedro Henrique. O atacante parou em boa defesa de Walter, mas a zaga estava tão desarrumada que Léo Moura entrou livre pela direita para pegar o rebote e tocar para o gol, tirando fácil de Avelar que tentava bloqueá-lo.

Os visitantes seguiram melhores em campo e quase ampliaram em contra-ataque puxado pelo mesmo Everton, mas o jogador foi derrubado após disputa com Mantuan. O juiz, no entanto, ignorou e mandou o lance seguir. Na resposta, Mantuan foi bem pela direita, ganhou da marcação e cruzou rasteiro, mas Roger acabou travado por Paulo Miranda na hora do chute.

O lance de perigo pareceu dar mais confiança aos donos da casa, que quase conseguiu o empate antes do intervalo. Em boa jogada de Pedrinho pela direita, o garoto acionou Avelar na entrada da área. Calmo, o lateral esquerdo viu que Ramiro chegava desesperado na cobertura, deu um chapéu no adversário e chutou sem deixar a bola cair, carimbando o travessão do goleiro Marcelo Grohe.

Corinthians melhora e tem heróis improváveis

Assim como ocorreu no meio da semana, os reservas do Alvinegro ganharam uma chance na etapa final e, diferentemente do que ocorreu no Mineirão, melhoraram muito o desempenho da equipe. Com destaque para a intensidade do volante Thiaguinho, o Timão pressionou a saída de bola do adversário e quase empatou com o próprio meio-campista, que acabou chutando por cima do gol.

Quando o ritmo diminuiu, os donos da casa viram uma antiga arma surgir. O meia Danilo, muito aquém do que já foi capaz de oferecer, passou a ditar o ritmo do jogo e colocou Juninho Caíxaba em boa condição. Na primeira, o canhoto foi desarmado. Na segunda, invadiu a área e foi travado pela zaga. Mateus Vital bateu rapidamente o escanteio, Léo Santos raspou na bola e, após bate-rebate, Matheus virou rápido para chutar no canto e empatar.

O gol, muito comemorado pelo garoto ex-ABC, inflamou a torcida e fez com que os alvinegros partissem para o ataque. Mais uma vez em lance clareado por Danilo, Capixaba recebeu na lateral esquerda da área e cruzou rasteiro, na marca do pênalti, onde Marquinhos Gabriel bateu de primeira, sem chances para Paulo Victor, virando o placar.

A empolgação corintiana ficou ainda maior e sufocou o Grêmio, podendo ainda fazer um terceiro gol até o apito final. A melhor chance veio quando Léo Santos recebeu lançamento na área, deu um chapéu na marcação e tentou encobrir o goleiro Paulo Victor, que saiu bem e manteve o placar em 2 a 1.

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 8 de julho de 2018, domingo
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Salgado Rizzo
Assistentes: José Claudio Rocha Filho e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Público: 27.418 pagantes
Renda: R$ 659.463,90

Fonte: Gazeta Esportiva

Estádio

Arena Corinthians