Julio Cesar quer reaver posto de titular e bater o confiante Cássio

    O desempenho de Cássio no empate em 0 a 0 com o Emelec-EQU, pelas oitavas de final da Libertadores, na última quarta, rendeu elogios do técnico Tite. O jogador, que fez apenas sua segunda partida à frente da meta do Corinthians, se mostrou seguro e superou a desconfiança da torcida em relação aos goleiros corintianos depois das falhas de Julio Cesar na semifinal do paulistão, diante da Ponte Preta. Confiante, Cássio esquentou a disputa para se firmar como titular.

    “Acho que foi uma atuação para ganhar de vez a posição de titular. Agora, cabe ao Tite decidir se permaneço no posto. Espero que ele tenha gostado, e eu possa dar conta do recado. Contra o Emelec, estava bem tranquilo, até porque fui muito bem recebido. Daí, o resto, a gente sabe. Quero ser titular de novo”, disse o arqueiro.

    O antigo dono da posição parabenizou o companheiro de equipe. Durante a partida, Julio Cesar aplaudiu as boas defesas de Cássio e foi cumprimentá-lo ao fim do jogo. Julio Cesar diz que o relacionamento entre os goleiros corintianos é o melhor possível, e que todos se respeitam. Por outro lado, admite que não foi fácil ter de assistir ao duelo do banco de reservas.

    “Ninguém nunca gosta de ficar no banco. Infelizmente, aconteceu de sermos eliminados no Paulistão, e eu deixar o time titular. Mas respeito a decisão de Tite. Ele estava seguro de que era o momento de eu sair. Todo goleiro do Corinthians tem qualidade, e o Cássio mostrou isso.”

    Apesar de elogiar o novo arqueiro titular, Julio Cesar quer dar a volta por cima o quanto antes.

    “Cada um procura seu espaço e um respeito o outro. Não é demérito para ninguém ficar no banco do Corinthians, mas vou trabalhar para ser titular. Se voltar agora, fico muito feliz. Se não, vou continuar trabalhando e esperando o momento.”

    A próxima chance de o goleiro reassumir o posto de titular será na partida de volta contra o Emelec, na quarta-feira, às 22h, no Pacaembu. No entanto, se esse momento do retorno de Julio Cesar demorar, o goleiro reconhece que não sabe se permanecerá no Timão.

    “Quero estar em campo na final da Libertadores. Quero ser campeão. Não passa pela minha cabeça deixar o Timão antes do fim da Libertadores. Se eu permanecer no banco, em um futuro, tenho de sentar e analisar.”

    Reportagem: Globo Esporte

    Veja Também

    Notícias do Corinthians