Love se diz ‘lisonjeado’ por apoio no Corinthians e faz elogios a Luciano

    No dia 6 de fevereiro deste ano, o Corinthians anunciava a contratação do atacante Vagner Love. Só depois de quase sete meses, o atacante pôde respirar aliviado após uma partida. Com dois gols marcados diante do Cruzeiro no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, na vitória do Corinthians por 3 a 0 em Itaquera, Love mostrou ao torcedor alvinegro que pode ser decisivo para o time comandado por Tite na briga pelo título. No “Bem, Amigos!” desta segunda-feira, o camisa 99 agradeceu o apoio dos companheiros, revelou conversas de apoio e ainda elogiou o jovem Luciano, que ganhou a vaga de Love e depois a perdeu com uma lesão.

    “É muito legal trabalhar no Corinthians hoje, pela comissão técnica e pelo grupo que tem. Dificilmente outro grupo é como o nosso hoje. Lógico, a gente tem maior afinidade com um ou outro, como tenho com Renato, Cristian, Edu, Elias, mas o resto do elenco se dá bem. Cheguei agora e fui muito bem recebido pelo grupo, sempre me trataram super bem e torceram muito por mim. Fiquei muito feliz quando fiz o primeiro gol e todos vieram me abraçar, do banco e todos que estavam jogando, só não veio o Cássio que estava muito longe. Me senti muito lisonjeado e muito feliz de saber que tem pessoas que torcem e gostam de mim e que torciam para que fizesse o gol”, afirmou o atacante.

    Vagner Love citou ainda uma conversa particular com o meia Renato Augusto. Próximo do atacante, o jogador demonstrou a confiança que o grupo tem no companheiro que não vivia uma boa fase. Antes dos dois gols marcados, eram cinco gols em 31 jogos.

    “Ele me chamou, o ônibus estava indo para o estádio, e disse: “Mano, senta aqui. Olha, vambora, a gente confia em você, vai dar tudo certo, hoje você vai jogar bem e fazer gol, vai nos ajudar. Sua hora é agora. Você está com a cabeça boa?”. Falei: “Renato, estou muito tranquilo, estou com a cabeça muito boa”. Acho que isso fez com que eu entrasse em campo e fizesse um bom jogo.”

    Ao lembrar a conversa com Renato Augusto, Vagner Love acabou citando o carinho que tem por Luciano, jovem que ganhou a vaga de titular e deixou o experiente atacante de 31 anos no banco de reservas.

    “O Luciano entrou muito bem, jogou e se machucou numa infelicidade. Fiquei muito triste porque é um menino muito bom, que converso muito, procuro passar um pouco do que já passei para ele, e ele sabe escutar. Fiquei muito triste pela lesão dele e espero que possa voltar como ele parou, jogando bem a fazendo gols, e que consiga conquistar muita coisa na vida dele. Eu sabia da responsabilidade que tinha nesse jogo contra o Cruzeiro, se não fizesse gol diriam: “Está vendo, não adiantou nada, entrou no time de novo e não fez nada, tira, manda embora”. Graças a Deus tive minha cabeça tranquila no lugar, foquei no que tinha que fazer.”

    Além do papo com Renato Augusto, Vagner Love ainda contou uma conversa que teve com o médico Joaquim Grava, do Corinthians.

    “O Joaquim Grava me chamou para conversar: “Cara, você não precisa provar nada para ninguém, você tem que fazer o que sempre fez sua vida toda. Não queira fazer mais do que você sabe fazer em campo, não queira resolver tudo, não queira pegar a bola e driblar todo mundo. Escora, vai nos atalhos que você sabe os atalhos do campo”. Foi que tentei fazer e deu certo”, concluiu.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians

    Comments (4)

    1. Avatar
      Kelly Silva

      Meu timão

    2. Avatar
      Santoss S Girdinho

      Vai Corinthians

    3. Avatar
      Sidney Souza

      Pdc Cledson Sousa falo tudo mano precisa nem de ter mais comentario nao fexo

    4. Avatar
      Cledson Sousa

      Para de fika falando do que já passo vc e pago pra fazer isso MSM e é todos jogos não é uma vez por mes não espero que amanhã e todos jogos VC faça a MSM coisa oq passo passo legal agora e o próximo jogo mais gols mais raça mais força de vontade quero a classificação amanhã eliminar o rival é o maior título então raça

    Comments are closed.