Meia do Corinthians liga o sinal de alerta após novo tropeço: ‘Lógico que preocupa’

    A diferença do Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro, para o Grêmio, vice-líder, é de seis pontos. Uma diferença considerável se comparada às últimas edições da competição nacional. No entanto, o clube paulista deixou o time gaúcho diminuir quatro pontos em apenas dois jogos e a equipe passa a ligar o sinal de alerta, como explicou o meia Rodriguinho no desembarque corintiano, nesta quinta-feira.

    “Lógico que preocupa. Não queríamos ver essa vantagem cair, mas como a gente sempre frisa, ainda tem muito campeonato pela frente e essa distância vai oscilar, uma hora vai cair, em outra eles também vão ter os tropeços deles, e a vantagem vai ficar variando. Mas a gente pretende voltar a somar os três pontos o mais rápido possível para que a gente possa manter essa distância”, afirmou o meia do Timão.

    Leia também:

    Bandeira rebate críticas a Zé Ricardo

    Neymar se encontra com presidente

    Ganso pode ser liberado pelo Sevilla

    Na visão de Rodriguinho, a equipe não vem apresentando desempenho abaixo nas últimas rodadas, apesar da primeira sequência sem vitórias no torneio. Nas últimas duas partidas, dois empates: 2 a 2 com o Atlético-PR, em Itaquera, e 0 a 0 com o Avaí, fora de casa.

    O meia destacou a consciência corintiana e o nível de dificuldade do Brasileirão. “Eu não diria tropeços, e sim resultados que nós não queríamos, que a gente dentro de casa tinha a obrigação de ganhar, e por uma infelicidade tomamos um gol. Mas fora de casa o empate não é tão ruim quanto algumas pessoas podem estar falando. Lógico que queremos sempre vencer, mas estamos em fase muito boa e precisamos olhar para a forma com que a equipe está jogando”, explicou.

    Líder do Brasileirão com 37 pontos somados, o Timão segue sustentando a invencibilidade após 15 rodadas. O próximo jogo do Corinthians é no Rio de Janeiro, contra o Fluminense, às 16h00 (de Brasília) deste domingo. Rodriguinho comentou sobre o adversário.

    “Vai ser mais um jogo difícil, no Brasileiro não tem jogo fácil. São todos pedreiras. Mas a forma que a equipe joga fora de casa nos dá confiança para que possamos conseguir um bom resultado. Estamos focados e com humildade vamos chegar lá”, finalizou.

    Veja Também