Na mira do SP, Walter tem chance rara no Corinthians em meio a indefinição

    • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

      Desejado pelo São Paulo, Walter estará na meta do Corinthians nos próximos jogos

      Desejado pelo São Paulo, Walter estará na meta do Corinthians nos próximos jogos

    Walter terá a primeira chance como titular na meta do Corinthians em 2017 na noite desta quarta-feira, contra o Atlético-PR, em Curitiba. À sombra de Cássio, o goleiro reserva do time alvinegro fará sua estreia no ano em meio a uma indefinição em relação à temporada 2018. O arqueiro ainda está na mira do São Paulo e pode deixar o Parque São Jorge em breve.

    A busca são-paulina por Walter começou ainda em julho e se estendeu pelas semanas seguintes. De acordo com apuração da reportagem do UOL Esporte, ela agora está estagnada, mas não descartada. O São Paulo ainda sonha em contar com o reserva do Corinthians a partir de janeiro.

    A diretoria corintiana, por sua vez, mantém a cautela com o interesse e a possível transferência. Como mostrou o Blog do Marcel Rizzo no começo do mês passado, o Corinthians se mostra receoso por causa da situação de Cássio, que provavelmente irá à Copa do Mundo e com isso será mais visto pelos europeus.

    Um dos cenários projetados pelo Corinthians leva em conta uma transferência de Walter no começo do ano e o interesse de times da Europa por Cássio. A diretoria, inclusive, tenta neste momento renovar o contrato do titular – o vínculo atual se encerra no fim de 2019. Vale ressaltar que o clube tem 80% dos direitos econômicos de Cássio e apenas 5% de seu reserva.

    A ideia do Corinthians é esperar o fim do Campeonato Brasileiro para então se reunir com Walter e seus empresários. Uma das opções é reformular seu contrato com valores melhores e, então, adquirir direitos econômicos. 

    Há um mês, o próprio Walter comentou a situação. “Estou muito satisfeito e muito feliz no Corinthians, clube com o qual tenho contrato. Se caso alguma negociação aparecer, todos vão saber por mim”, afirmou Walter por meio de sua conta no Instagram. 

    Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Reserva Walter estreará na temporada 2017

    Se Walter for negociado com o São Paulo em janeiro, o goleiro Douglas, emprestado ao Avaí, deve retornar ao clube alvinegro. Em grande fase no time catarinense, o arqueiro já recebeu elogios públicos de Carille.

    Até três chances no time

    Cássio voltará ao Corinthians no começo da semana que vem – a seleção brasileira enfrenta a Inglaterra na terça-feira, véspera da partida Corinthians e Fluminense em Itaquera. A tendência é que Walter, dessa forma, tenha mais duas oportunidades no gol corintiano, contra o Avaí, no sábado, e diante do time carioca.

    “Sempre trabalho o ano inteiro esperando por uma oportunidade. A gente gosta do que faz, está feliz em uma grande equipe. Minha dedicação sempre foi a mesma, não preciso mudar, não tem sido nada diferente. Muda no jogo a concentração para a partida, isso dá uma mudada, mas no dia a dia o trabalho é o mesmo”, disse Walter na última segunda-feira.

    O reserva corintiano chegou ao Corinthians em 2013 depois de uma indicação do preparador de goleiros Mauri LIma. O jogador entrou em campo 55 vezes e chegou a desbancar Cássio na temporada passada. Uma lesão nas costas no começo do ano, porém, fez Cariile optar pelo retorno de Cássio à meta alvinegra.

    FICHA TÉCNICA

    ATLÉTICO-PR x CORINTHIANS

    Data: 8 de novembro de 2017, quarta-feira
    Horário: 21h (de Brasília)
    Competição: Campeonato Brasileiro (33ª rodada)
    Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
    Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
    Assistentes: Rodrigo Henrique Correa e Thiago Correa Farinha (ambos do RJ)

    ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno (Wanderson) e Fabrício (Nicolas); Esteban Pavez, Lucho González e Matheus Anjos (Pablo); Nikão, Douglas Coutinho (Lucas Fernandes) e Ribamar. Técnico: Fabiano Soares

    CORINTHIANS: Walter; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Maycon e Camacho; Romero, Rodriguinho e Clayson; Jô. Técnico: Fábio Carille

    Veja Também