‘Não gosto disso’: Atacante diz por que deixou Corinthians e voltou para o Atlético-MG

    Para o atacante Clayton a situação estava teoricamente boa: no líder do Campeonato Brasileiro e com uma importante taça para colocar do currículo no fim da temporada – se tudo seguir como está. Isso na teoria, pois na prática o atual camisa 99 do Galo falou completamente o contrário.

    “Não estava cômodo (ficar no Corinthians na reserva por ter um título), eu não estava jogando e não gosto disso. Eu não gosto de não ir nem para lista. É um novo desafio, o Micale me conhecia, não adiantava nada ser campeão brasileiro, mas não entrar”, destacou o jogador que fala agora dos objetivos no Atlético. “O objetivo agora é G6. Eu espero jogar e ajudar a equipe a ir mais longe possível. Muito feliz por voltar para o Atlético, tive período no Corinthians, grande experiência, mas o grande desafio de voltar a pedido do Micale, o objetivo é ficar pelo menos no G6”, acrescentou.

    Veja a programação do FOX Sports 

    Clayton deixou o Corinthians para retornar ao Galo cinco meses após sua saída. A expectativa de Micale, ao solicitar a volta, é contar com um jogador de profundidade e ponta de campo, mas também ter um jogador dentro da área e o jovem conta com capacidade para as duas posições. O camisa 99 falou que conversou com o treinador.

    “Nessa correria de jogos, eu não tive muito tempo de conversar com o Micale. Ele já sabe como eu gosto de jogar, eu prefiro o lado esquerdo ou centralizado, onde ele puder me colocar eu vou dar o melhor pelo Atlético”, salientou.

    A chance de já voltar a titularidade será contra o Internacional, nesta quarta-feira, no Rio Grande do Sul, pela Primeira Liga. A competição andou esquecida por causa da paralisação que teve, mas retornou agora. Clayton vê no torneio a possibilidade de brigar por uma taça e ainda entrosar com o restante do grupo.

    “Eu acho estranho a Primeira Liga, lá em São Paulo comentava sobre isso, era para ser inicialmente uma competição de preparação, e ela parou na primeira fase e voltou agora, as regras deles não pode mudar. O campeonato era de início. Vamos brigar pela Primeira Liga, é uma boa chance para quem não está jogando e também para o Micale dar sequência no método de trabalho dele”, finalizou.

    Veja também:

    Ex-Timão de saída de gigante italiano

    Benfica quer revelação do Brasileirão

    Time inglês quer ex-São Paulo e Vasco

    Veja Também