Clayson - Corinthians

Negociação com Atlético-MG esfria, e Clayson foca em ser titular do Timão

O atacante Clayson chegou a negociar sua ida ao Atlético-MG, mas as conversas esfriaram e o jogador deve permanecer no Corinthians para 2019. Antes das tratativas com o Galo, ele já tinha traçado uma meta para a próxima temporada: voltar a ser titular do Timão.

– Infelizmente acabei tendo uma lesão e problemas individuais que acabaram me atrapalhando um pouco, mas espero voltar bem em 2019, em alto rendimento para eu buscar a titularidade de novo e ajudar o Corinthians como eu vinha fazendo antes – disse Clayson, em entrevista ao LANCE!.

Clayson iniciou 2018 como titular, mas teve de passar por uma artroscopia no joelho direito no início de maio. Só voltou a ficar à disposição no segundo semestre, quando já havia perdido a posição na equipe principal.

Nesta janela de transferências, despertou o interesse do Atlético-MG, enquanto o Corinthians buscava a contratação de Luan. Após algumas conversas, não houve acordo entre o clube mineiro e Clayson.

O atacante agora se prepara para se reapresentar com o elenco do Timão no dia 3 de janeiro, no CT Joaquim Grava. Ele, inclusive, chegou a postar em seu Instagram um vídeo treinando durante as férias.

Na reapresentação, terá ao menos mais dois concorrentes: André Luis e Gustavo Silva, atacantes que já foram anunciados. Nada que assuste Clayson, que está no Corinthians desde 2017.

– É normal quando se trata de um clube como o Corinthians, que sempre vai estar procurando reforços. A concorrência sempre é muito grande, mas tenho que estar focado no meu trabalho – analisou Clayson.

VEJA OUTRAS RESPOSTAS DO ATACANTE NA ENTREVISTA AO LANCE!:

Como avalia o 2018 do Corinthians?
Tivemos um primeiro semestre muito bom, conseguimos o título paulista, chegamos à final da Copa do Brasil, e infelizmente oscilamos no Brasileiro, tivemos uma queda de rendimento. Mas acho que foi um ano positivo por tudo o que aconteceu, com troca de comando e muitos jogadores saindo. Avalio como positivo.

O Corinthians jogou com e sem centroavante em 2018. O que prefere?
É difícil falar, vai da leitura jogo, da outra equipe. É bom ter um centroavante na área, tem jogo que precisa, mas tem jogo que não vai precisar. É difícil falar. Vai mais da partida.

Por que o Corinthians não terminou bem o ano, sem nem ter uma vaga na Liberta?
Oscilamos demais, saíram alguns jogadores, demoramos para encaixar. É ruim, queríamos disputar a Libertadores, mas vamos buscar essa vaga em 2019.

Veja Também

Notícias do Corinthians
Diego Tardelli
Notícias do Corinthians
Jogadores do Corinthians - Final Copa do Brasil 2018