No CT Joaquim Grava, Carille fala sobre a sequência de jogos do Timão na temporada

    Nesta quarta-feira (08), o Corinthians treinou pela manhã, no CT Dr. Joaquim Grava, de olho no duelo com o Grêmio, pela quarta rodada do Brasileirão, no sábado (11). Após a atividade, o técnico Fábio Carille atendeu a imprensa e falou sobre o trabalho e a sequência de jogos.

    “Hoje foi um treino mais direcionado para o jogo, amanhã deve ser mais por setores, meias, cobertura. Tenho o time definido, mas quanto mais acelerarmos o conjunto, melhor”, comentou. 

    O treinador alvinegro avaliou a sequência de jogos do Timão nos próximos dias, pelo Brasileirão, Copa do Brasil e Copa do Sul-Americana, e lembrou que a equipe já vem de uma maratona, desde o início da temporada.

    “Você precisa do elenco todo nas mãos. Eu tinha seis jogadores no Departamento Médico e mais dois jogadores cansados. Já venho de uma sequência pesada, mas agora teremos outra. Fiz questão de buscar os números do Boselli no México. Em seis anos, ele fez 220 jogos, média de 36 jogos por ano. Até a nossa parada da Copa América, serão 39 jogos. São dez jogos neste mês, então trabalho o dia a dia, com o que os médicos e departamento físico me passam”, explicou.

    Carille também destacou o quão positivo é ter a semana cheia, sem jogos, para poder trabalhar a equipe. “A gente acertou muito mais passes que o adversário nas últimas três partidas. Estamos num processo de melhora. É uma ideia do Corinthians, já de alguns anos, de pressionar o tempo todo, mas para isso precisa treino. Achei que minha semana seria melhor em intensidade, mas tivemos de usar também para recuperação. A cada jogo será melhor, mas as vezes vou ter que dar um passo atrás. Nesses próximos jogos, de Grêmio e Flamengo, queremos ter a ideia de pressionar”, disse.

    O técnico do Timão analisou, ainda, o momento da equipe e desempenho do setor de meio-campo. “O conjunto melhorando, o futebol dos meias vai ser melhor também. Sei o que o elenco pode me dar, mas também não posso ver fantasmas. Muitos times estão oscilando, pela falta de tempo de trabalho. Minha expectativa é melhorar na pausa para a Copa América, com o grupo todo. Teremos 17 dias de trabalho e ali vou conseguir encorpar”, projetou.

    Por fim, Carille voltou a falar sobre o duelo com o Grêmio, neste sábado, na Arena Corinthians. “Estou pensando muito no Corinthians, a princípio. Não sei com quais jogadores eles (Grêmio) virão, já que vêm priorizando os campeonatos de mata-mata. Mas olho para o Corinthians e digo: temos tudo para ser intensos”.

    Corinthians e Grêmio jogam às 19h, no sábado (11), na Arena Corinthians, pela quarta rodada do Brasileirão. Os ingressos para a partida estão à venda pela internet e nas bilheterias.

    Veja Também