No Timão, Leandro Castán acha difícil retorno contra o Santos

    O Corinthians deve enfrentar o Santos, neste domingo, na Vila Belmiro, novamente com Chicão e Wallace formando a zaga titular. Com dores na panturrilha esquerda, Leandro Castán acha difícil retornar ao time no clássico.

    “Não sei ainda, mas as chances ainda são de 50%, mas vamos ver nessa sexta-feira como será. Na quinta, corri no campo e senti dor. Temos conversado e os médicos acham perigoso ir para o jogo e acabar ficando mais tempo fora. A ideia é estar 100%. É começo de temporada e não seria inteligente ficar fora por dois meses”, explicou o camisa 4, quinta-feira, no lançamento do livro de Paulo André, seu colega de zaga que se recupera de artroscopia no joelho direito.

    Questionado se via sua posição de titular ameaçada por conta das boas atuações de Wallace, que o substituiu bem diante do Catanduvense e Botafogo-SP.

    “Não tenho medo (de perder a vaga). Todo mundo tem o seu espaço. O Wallace entrou superbem, eu também vinha bem, mas é um problema do Tite, ele que vai ter dor de cabeça na volta. Não preciso provar mais nada”, afirmou.

    A defesa alvinegra é destaque na temporada, por ter sofrido apenas cinco gols em 12 jogos disputados.

    Reportagem: Lance!

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians