UOL Esporte - 12 de setembro de 2017 às 17:59


  • Cesar Greco/Fotoarena/Estadão Conteúdo

    Edu Dracena se mostrou animado com os resultados negativos do Corinthians

    Edu Dracena se mostrou animado com os resultados negativos do Corinthians

Edu Dracena é mais um dos jogadores do Palmeiras que dizem publicamente ainda acreditar no título do Brasileirão. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (12), o zagueiro ainda afirmou que o momento de instabilidade do arquirrival Corinthians, o líder, dá ânimo para que os atletas mantenham a fé naquele que seria o 10º para o Alviverde.

Com 37 pontos, os palmeirenses estão na 4ª colocação a 13 pontos da liderança e atrás de Santos e Grêmio. Faltam 15 rodadas para o campeonato acabar.

“Dá muito ânimo. Se eles tivessem ganhado os outros jogos, estariam muito mais na frente, aí seria quase impossível buscar. Mas como estão escorregando, essa queda dá ânimo. Nós também deixamos a desejar em alguns jogos e temos que focar jogo a jogo. Quem sabe o Palmeiras não dá aquele sprint?”, afirmou.

“O campeonato não acabou ainda, estamos brigando pelo título. Se vai conseguir ou não, é outra coisa. A nossa meta é pelo menos ter o título do segundo turno e aí ver no que dá”.

O Palmeiras perdeu pontos importantes recentemente, como a derrota para a Chapecoense em pleno Allianz Parque, e o empate cedido nos acréscimos na estreia do 2º turno, diante do Vasco.

É com base nisso que Dracena alerta que o Palmeiras precisa, antes de “secar” os rivais, fazer o seu dever de casa.

“O Campeonato Brasileiro é muito louco. Tem jogo que você acha que vai pontuar e não pontua. O futebol brasileiro está muito competitivo e, às vezes, tem time que até deixa a posse de bola com o adversário. Tem time que gosta de jogar com a bola e agora tem o time que joga sem. Cada um analisa o que vai ser melhor”, explicou.

O Palmeiras treinou nesta terça-feira pela primeira vez após o empate por 1 a 1 com o Atlético-MG no último sábado e teve a novidade do retorno de Jailson. Ainda não é certo, no entanto, que ele esteja à disposição para enfrentar o Coritiba, às 20h, no dia 18, no Pacaembu.