Paulo Garcia confirma candidatura à presidência do Corinthians

    Uma das figuras mais presentes no cenário político do Corinthians, Paulo Garcia confirmou, nesta quarta-feira, sua candidatura à presidência do clube. Em comunicado repassado à imprensa, ele explicou que terá o atual diretor de futebol do clube, Flavio Adauto, e o diretor financeiro do Alvinegro, Emerson Piovesan, como seus dois vice-presidentes na chapa.

    Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

    O lançamento oficial será feito no dia 18 de dezembro, quando o candidato poderá explicar os motivos de ter se lançado ao pleito. Ele será o quinto nome na disputa, concorrendo ao lado de Andrés Sanchez, nome que defende a situação, Romeu Tuma Júnior, Antonio Roque Citadini e Felipe Ezabella, trio de oposicionistas que já estava na disputa.

    Mundial de Clubes e Final da Sul-Americana; veja a programação do FOX Sports

    Com a eleição marcada para o dia 3 de fevereiro, Garcia, que já acenava com a possibilidade de concorrer há três meses, terá um tempo consideravelmente menor que o dos seus candidatos para angariar votos. O que chama mais a atenção, porém, é que ele contará com nomes bastante envolvidos na atual administração, como Adauto e Piovesan.

    Saiba mais:

    Exclusivo! Primeiro reforço do Vasco

    PSG quer pilar do Atlético de Madrid

    Fla tem quatro desfalques de Seleção

    Além dele, Ezabella é outro que reúne nomes que participaram bastante do “governo” da Renovação e Transparência, chapa que assumiu o clube desde 2007. O próprio advogado, além de Raul Correa, Fernando Alba, Fausto Bittar e Luiz Alberto Bussab, já tiveram cargos diretivos nos últimos anos.

    Veja Também