Cássio falha de novo, mas Corinthians bate Santa e vence a 1ª com Cristovão

Cristovão Borges não poderia pedir uma estreia mais adequada na Arena Corinthians. Na noite deste sábado, o Santa Cruz mostrou-se um adversário frágil e pouco suportou o ritmo da equipe de Parque São Jorge. Com gols de Luciano e Romero, o atual campeão do Campeonato Brasileiro superou os pernambucanos – e a grotesca falha de Cássio – e venceu pelo placar de 2 a 1.

Mais que a simples vitória, a equipe deu uma resposta ao novo treinador. Depois da derrota para o Atlético-MG na última quarta-feira, o Corinthians volta a encostar na parte mais alto da tabela. O time alvinegro agora soma 19 pontos, apenas três atrás do líder Palmeiras, derrotado pelo Cruzeiro neste sábado por 2 a 1.

Em compensação, o Santa Cruz parece cada vez mais destinado a brigar contra a queda à Série B. Os pernambucanos sofreram o terceiro revés consecutivo e permanecem com apenas 11 pontos, na 16ª posição, na beira da zona do rebaixamento do Brasileirão.

Agora sem a pressão natural pelo cargo e aos poucos moldando o Corinthians com a sua cara, Cristovão tem um novo desafio na quarta-feira: tentar embalar a equipe fora de Itaquera – o rival será o América-MG, às 21h45 (de Brasília) no Independência. O Santa Cruz joga na quinta, às 19h30, contra a Ponte Preta, no Arruda.

Quem foi bem: Marquinhos Gabriel e Uendel

Pela esquerda, o Corinthians construiu a vitória desta noite de sábado. Uendel e Marquinhos Gabriel aproveitaram-se da fragilidade do sistema defensivo do Santa Cruz e sobraram. Enquanto o lateral participou dos dois gols, Marquinhos ‘passeou’ sobre o lateral Vitor. O camisa 31, com mais uma atuação, sacramenta-se ainda mais como uma peça importante.

Quem foi mal: Vitor

Se o Corinthians sobrou pela esquerda, o Santa Cruz sofreu pelo lado direito do campo, especialmente o lateral-direito Vitor. O camisa 2 perdeu todas as disputas para Marquinhos Gabriel e viu os dois gols corintianos serem originados no seu setor. Milton Mendes não perdoou e substituiu o atleta logo no intervalo.

Mais uma falha de Cássio… e feia

Depois de ser preterido por Walter com o técnico Tite, Cássio ‘aproveitou’ a contusão do companheiro e voltou ao time titular do Corinthians. Mas, se mantiver o mesmo ritmo, dificilmente o goleiro campeão mundial permanecerá muito tempo na posição. Depois de falhar contra o Botafogo e estar envolvido no segundo gol do Atlético-MG, no meio de semana, ele praticamente entregou o gol do Santa Cruz. Ele dominou errado dentro da área e viu Arthur tocar para Grafite completar para as redes, colocando o time pernambucano novamente no jogo.

Corinthians: Cássio complica jogo fácil

Um primeiro tempo quase perfeito para uma segunda parte difícil. A velocidade do setor ofensivo tornou o Corinthians forte, mas a instabilidade demonstrada por Cássio tornou a noite de sábado mais complicada do que o roteiro preveria. A falha do goleiro impactou em um time assustado, totalmente ao avesso da formação que sobrou em 45min.

Santa Cruz: marcação perdida

Apesar de crescer na segunda etapa e ameaçar o Corinthians em Itaquera, o Santa Cruz saiu derrotado pelos próprios erros. O sistema de marcação dos pernambucanos mostrou-se falho, com muitos espaços pelas laterais. Arthur e Keno, os homens de ataque pelas pontas, pouco voltavam para preencher o espaço e ajudar a marcação dos laterais. Foi neste ponto que Uendel, por exemplo, se aproveitou.

Cristovão Borges: mudanças positivas

O corintiano que chegou à Arena na noite deste sábado se surpreendeu com a escalação de Cristovão Borges. Além de bancar o zagueiro Pedro Henrique, o novo treinador corintiano tirou Guilherme do time titular e posicionou Romero pelo lado direito. Sem o camisa 10, o Corinthians ganhou em velocidade e envolveu o Santa Cruz.

Olha a bomba!

Dois barulhos fortes de bomba, ambos fora do estádio, assustaram quem estava em Itaquera. Segundo informações da Rádio Globo, o som ocorreu em uma festa de São João ocorrida próximo à Arena.

Frio do velho oeste (superior)

Em uma noite fria no bairro de Itaquera, o torcedor compareceu em bom número. No entanto, ciente de uma procura menor em virtude do horário e da temperatura, o Corinthians sequer colocou à venda ingressos para o setor Oeste Superior, que ficou completamente vazio neste jogo contra o Santa Cruz.

Festa pela queda rival

Poucos minutos depois de finalizado o hino nacional e enquanto os jogadores finalizavam o trabalho de aquecimento, o locutor da Arena Corinthians anunciou a derrota do Palmeiras para o Cruzeiro (2 a 1), o suficiente para o primeiro momento de festa em Itaquera neste sábado.

Banco do Santa sofre com frio

Acostumados com o calor do nordeste brasileiro, os jogadores do Santa Cruz sofreram com o frio que fez na Arena Corinthians na noite deste sábado – cerca de 15ºC. Prova disso foi a imagem (do canal Premiere) de alguns jogadores do banco de reservas do time pernambucano deitados com um cobertor.

7 comments

Comments are closed.

Notícia Anterior

Ficha Técnica: Corinthians 2 x 1 Santa Cruz, pelo Brasileirão 2016

Próxima Notícia

FOTOS: Corinthians 2 x 1 Santa Cruz