PRÉ-JOGO: De fôlego renovado, Timão aposta em Guerrero contra a ‘zebra’ Guaraní

    O Corinthians tem nesta quarta-feira a chance de provar que o cansaço foi o grande culpado pela queda de rendimento nas últimas partidas. Depois de 14 dias de preparação, o Timão enfrenta o Guaraní, a partir das 19h45 (de Brasília), no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, para acabar com as dúvidas sobre o desempenho da equipe e largar bem nas oitavas de final da Taça Libertadores. A principal aposta é Paolo Guerrero.

    Autor de dez gols em 14 partidas oficiais, o centroavante peruano é a grande esperança para a reação, mesmo não estando 100% fisicamente depois de ser contaminado com o vírus da dengue. Após um início brilhante, o Corinthians caiu de produção e teve resultados ruins, como a eliminação no Paulistão para o arquirrival Palmeiras e a derrota para o São Paulo.

    Quarto colocado na classificação geral, o Timão tem pela frente um adversário que não fez grande campanha, mas que preocupa. Décimo terceiro na fase de grupos, o Guaraní marcou 12 gols (três a mais que o Corinthians) em seis rodadas, cinco deles do atacante Federico Santander, referência da equipe.  Além disso, é vice-líder do Campeonato Paraguaio e luta ponto a ponto pelo título com o Cerro Porteño.

    O trio de arbitragem é uruguaio. Daniel Fedorczuk apita e tem Nicolas Taran e Richard Trinidad como assistentes.

    ESCALAÇÕES

    Guaraní: o técnico Fernando Jubero não deve fazer mudanças na equipe que venceu o Libertad por 1 a 0, pelo Campeonato Paraguaio. Para segurar Guerrero, o treinador aposta no bom momento do veterano zagueiro Cáceres, de 35 anos, que trabalhou com Tite no Atlético-MG. A formação no esquema 3-5-2 tem: Aguilar, Patiño, Cáceres e Maldonado; Filippini, De la Cruz, Palau, Mendoza e Bartomeus; Ocampo e Santander.

    Corinthians: Tite mexeu no ataque para o duelo em Assunção, mas manteve o esquema 4-1-4-1. Guerrero, recuperado da dengue, retorna na vaga de Vagner Love, pouco produtivo até o momento. Emerson, suspenso, abre espaço para Luciano, posicionado quase como um ponta-esquerda. A escalação é a seguinte: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias, Jadson, Renato Augusto e Luciano; Guerrero.

    QUEM ESTÁ FORA

    Guaraní: o zagueiro Luis Cabral, com um problema muscular, não atua.

    Corinthians: Emerson e Mendoza, expulsos contra o São Paulo, cumprem suspensão.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians