PRÉ-JOGO: De olho na Libertadores, Timão estreia com reservas no Brasileirão

    Cruzeiro e Corinthians estreiam no Campeonato Brasileiro como favoritos ao título, neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Pantanal, em Cuiabá. Mas, pelo menos neste primeiro jogo, o pensamento dos dois times está longe da competição nacional.

    O foco é todo na Taça Libertadores, onde ambos foram derrotados na partida de ida das oitavas de final, na última quarta-feira.

    O Cruzeiro perdeu por 1 a 0 para o São Paulo, no Morumbi, enquanto o Corinthians levou 2 a 0 do Guaraní, do Paraguai, em Assunção. A obrigação de vencer o jogo da volta, na próxima quarta, fez com que os técnicos Marcelo Oliveira e Tite optassem por mandar a campo, neste domingo, equipes reservas.

    Tanto Cruzeiro quanto Corinthians, no entanto, sabem a importância de começar bem o Brasileirão, já que, juntos, conquistaram cinco das 12 edições disputadas no sistema de pontos corridos. Por isso, mesmo com times alternativos, a promessa é de um jogo muito bom no Mato Grosso. A partida será em Cuiabá porque o Cruzeiro cumpre pena de perda de um mando de campo, devido aos incidentes no clássico contra o Atlético-MG, no Brasileiro do ano passado.

    Marcelo Oliveira vai aproveitar o jogo para observar melhor jogadores que vêm treinando muito bem e podem ser úteis ao time ao longo do ano, como Eurico, Bruno Edgar e Gabriel Xavier. O time deve atuar num esquema tático diferente do habitual 4-2-3-1, usado nas duas últimas temporadas. Um 4-4-2 mais conservador, com três volantes, deve dar mais proteção à zaga e ao goleiro Fábio.

    O Corinthians que encantou nas primeiras partidas da temporada ficou no passado e agora convive com as críticas pela queda de rendimento. Pressionado a fazer a equipe reagir, Tite não quer correr riscos de perder algum titular por lesão para a Libertadores e levou reservas e garotos da base para Cuiabá. O goleiro Cássio, que falhou feio na derrota em Assunção, é o único titular que começa o confronto no Mato Grosso.

    O dono do apito será Anderson Daronco, que será auxiliado por Marcelo Bertanha Barison e Rafael da Silva Alves, todos do Rio Grande do Sul.

    Veja Também