Quem cola no G4 e quem fica na área da queda: o que está em jogo hoje no BR

    • Fotomontagem: Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo, Marcello Fim/Raw Image/Estadão Conteúdo e Pedro Souza/Atlético

      Sport, de Luxemburgo, São Paulo, de Dorival, e Atlético-MG, de Oswaldo, têm decisões

      Sport, de Luxemburgo, São Paulo, de Dorival, e Atlético-MG, de Oswaldo, têm decisões

    A rodada deste domingo será marcada pela luta das equipes contra a zona de rebaixamento e também para saber quem vai chegar na porta do G-4, que não sofrerá mais alterações nessa rodada.

    No total, sete times que estão ou brigam para não entrar na área de queda, estarão em campo hoje: Atlético-GO, São Paulo, Vitória, Avaí, Sport, Fluminense e Atlético-MG (a Ponte Preta joga na segunda contra o Flamengo).

    Na parte superior da tabela a briga que poderá movimentar a classificação se encontra basicamente em saber quem poderá encostar no Palmeiras, o quarto colocado (só os quatro primeiros entrarão direto na fase de grupos da Libertadores-2018).

    Veja abaixo o que vale cada um dos seis confrontos desse domingo.

    Botafogo x Vitória (16h, no Engenhão)

    Mauricia da Matta/EC Vitória

    O Botafogo recebe o Vitória para se aproximar da porta de entrada do G4. Sexto colocado com 40 pontos, o time está embalado por quatro vitórias consecutivas e sonha com a classificação direta para a Libertadores. No entanto, nem mesmo uma vitória por goleada coloca os cariocas na zona privilegiada, já que o Palmeiras, em quarto lugar com 43 pontos, tem duas vitórias a mais. Já o Vitória está invicto como visitante com Vagner Mancini e quer aproveitar o retrospecto para se afastar da zona de rebaixamento. O time é o primeiro fora da degola, com 29 pontos, um a mais que o São Paulo.

    São Paulo x Sport (16h, no Morumbi)

    Para sair da zona de rebaixamento, o São Paulo – 17º colocado com 28 pontos – terá um confronto direto com o Sport, que está em 14º lugar, com 30 pontos. O time comandado por Dorival Júnior vem de um empate com o líder Corinthians e fará seu último jogo no Morumbi antes de uma sequência de cinco jogos no Pacaembu devido a shows no estádio. Já o time de Vanderlei Luxemburgo, que empatou com o Vasco na última rodada, precisa vencer para ganhar um respiro um pouco maior longe da área da degola.

    Cruzeiro x Corinthians (16h, no Mineirão)

    Marcello Zambrana/AGIF

    Ainda comemorando o título da Copa do Brasil, o Cruzeiro recebe o líder Corinthians em Belo Horizonte. A Raposa está em quinto lugar, com 40 pontos, mas, a exemplo do Botafogo, tem duas vitórias a menos que o Palmeiras. Já o Corinthians, após uma série de tropeços, viu o Santos diminuir a diferença para sete pontos e precisa vencer para voltar a ter 10 pontos de vantagem na liderança.

    Grêmio x Fluminense (16h, na Arena do Grêmio)

    Após perseguir o líder durante a maior parte do torneio até aqui, o Grêmio estacionou nos 43 pontos viu o Santos assumir a segunda posição e abrir quatro pontos de vantagem, enquanto a diferença em relação ao Corinthians já chega a 11 pontos. Embora a prioridade de Renato Gaúcho seja a semifinal da Libertadores, o Tricolor gaúcho precisa vencer para não deixar os primeiros colocados dispararem. Já o Fluminense, 13º colocado com 31 pontos, tenta evitar que a palavra rebaixamento se aproxime das Laranjeiras. O time foi derrotado pelo Palmeiras na rodada passada e está apenas três pontos à frente do São Paulo.

    Avaí x Atlético-GO (16h, na Ressacada)                     

    Duelo de desesperados em Florianópolis. O Avaí soma 30 pontos, dois a mais que o São Paulo, e corre o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento. Já o Atlético-GO, lanterna da competição, com apenas 22 pontos, busca uma vitória para ainda conseguir se manter com um pingo de esperança contra a queda.

    Atlético-PR x Atlético-MG (19h, na Arena da Baixada)

    Enquanto o Atlético Paranaense tem 34 pontos e tenta se aproximar da porta de entrada da zona de acesso à Libertadores, o Mineiro luta para fugir da parte de baixo da tabela. O jogo em Curitiba será a estreia de Oswaldo de Oliveira à frente do Galo. O time foi derrotado pelo Vitória na última rodada, estacionou nos 31 pontos e também corre o risco de despencar para bem perto da zona de rebaixamento ao fim da rodada.

    Veja Também