Ronaldo - Corinthians

    Quem são os maiores artilheiros de todos os tempos da Seleção Brasileira?

    Jogar com a verde e amarelo da Seleção é uma verdadeira honra, e vestindo essa camisa nasceram grandes lendas. Afinal, não há nação mais bem-sucedida na Copa do Mundo do que o Brasil, que já a venceu em cinco ocasiões – e é o favorito para se classificar para a edição de 2022 no Catar, de acordo com as probabilidades de apostas esportivas.

    No final do ano passado, Neymar fez três gols nas eliminatórias da Copa do Mundo contra o Peru, ultrapassando Ronaldo na lista de maiores artilheiros de todos os tempos do Brasil. O jogador de 28 anos está a caminho de igualar ou ultrapassar Pelé no topo da tabela. Mas será que ele está entre os cinco primeiros em aproveitamento? Continue lendo enquanto classificamos os maiores artilheiros em aproveitamento da Seleção.

    5. Ronaldo (62 gols, 98 partidas – 0,63)

    Ele pode ter caído recentemente para o terceiro lugar na lista de artilheiros de todos os tempos, mas Ronaldo tem algo a mais que Neymar aqui, quando se inicia nossa contagem regressiva dos cinco primeiros de melhor proporção de gols por jogo. O atacante é o segundo maior artilheiro da história da Copa do Mundo – com 15 gols em 19 partidas, e conquistou a Chuteira de Ouro em 2002, com oito gols, na vitória do Brasil na final em Yokohama, no Japão.

    4. Zico (48 gols, 71 partidas – 0,68)

    Frequentemente chamado de “Pelé Branco”, não há como negar que Zico era um jogador de altíssimo nível – daí sua posição em nossa lista dos cinco primeiros. Com 48 gols em 71 partidas é um recorde notável em qualquer nível, mas é uma tristeza que Zico nunca ganhou uma Copa do Mundo. Foi figura integrante do time de 1982, considerado um dos maiores times do Brasil de todos os tempos.

    3. Romário (55 gols, 70 partidas – 0,79)

    Sem dúvida, Romário sabia onde era o fundo da rede. Ao longo de sua carreira nacional, ele marcou 690 gols, com 55 a mais para a Seleção. Ele ganhou a Bola de Ouro na Copa do Mundo de 1994, como o melhor jogador do torneio, também terminando em segundo lugar na disputa pela Chuteira de Ouro – com o Brasil vencendo na final. Mas 1997 foi um grande ano para o atacante, que marcou 19 gols em 17 partidas, com o Brasil vencendo a Copa América.

    2. Ademir (32 gols, 39 partidas – 0,82)

    Outra estrela esquecida do passado, enquanto procuramos concluir a nossa contagem regressiva. Ademir ficou mais conhecido por suas façanhas na Copa do Mundo de 1950, que foi sediada no Brasil, e onde ele garantiu a Chuteira de Ouro. Infelizmente, não foi o suficiente, pois os donos da casa foram humilhados na final pelo Uruguai, considerada uma tragédia nacional e mais tarde conhecida como Maracanazo. Apelidado de “Mandíbula” por causa do seu queixo, Ademir também foi o autor do primeiro gol oficial no estádio do Maracanã.

    1. Pele (77 gols, 92 partidas – 0,84)

    E quem mais poderia estar no topo da nossa lista, senão o maior jogador de futebol brasileiro de todos os tempos? Pelé não apenas lidera a tabela com o maior número de gols marcados pela Seleção, mas também tem o melhor aproveitamento de gols por jogo de qualquer outro jogador na história. Sua contagem de gols foi muito insana e quase inacreditável. Mas Pelé fez seu nome na Copa do Mundo de 1958, onde o Brasil conquistou o título – com três gols na semifinal contra a França e dois gols contra a Suécia na final. Ele é, sem dúvida, o número um.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Jô - Corinthians