R$ 1 bilhão para 1 milhão: arena do Corinthians vai atingir marca histórica

    A arena alvinegra vai bater nos próximos dois jogos a marca de 1 milhão de torcedores em 2015. Com uma média de 32.592 pagantes por jogo no estádio na atual temporada, o clube deve atingir o número significativo diante do Flamengo, em 25 de outubro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Antes, enfrenta o Goiás no dia 15 do mesmo mês. A meta corintiana a médio prazo é chegar aos 35 mil pagantes por partida.

    São 29 jogos do Corinthians em sua arena. O único confronto como mandante fora de Itaquera foi contra a Chapecoense, em 16 de maio, realizado em Araraquara porque o Timão cumpria a perda de um mando de campo. Naquele dia, apenas 10.144 torcedores foram à Fonte Luminosa.

    Nesta segunda-feira, o clube anunciou a venda antecipada de 33 mil ingressos para o jogo contra o Fla e mais 27 mil diante dos goianos. Como já somou 945.173 pagantes no ano em 29 confrontos na arena, os 60 mil já vendidos nas duas partidas serão suficientes para a marca simbólica. O Corinthians lidera as estatísticas de público no Brasil em 2015.

    A média de público foi impulsionada com a redução recente nos preços dos ingressos nos setores mais caros (Leste Superior e Oeste Superior e Inferior). Desde então, o Corinthians bateu o recorde de público duas vezes. O atual é de 13 de setembro: 41.809 pagantes assistiram à vitória por 3 a 0 sobre o Joinville.

    A marca é atingida enquanto o clube começa a pagar os empréstimos referentes à construção da arena, que tem valor total estimado em quase R$ 1,2 bilhão. Desde julho, o Corinthians paga R$ 5 milhões mensais ao BNDES pelo empréstimo realizado na época das obras – esse valor chega aos R$ 400 milhões.

    A partir do ano que vem, serão mais R$ 5 milhões mensais – R$ 10 milhões no total – referentes a despesas da Copa do Mundo e juros acumulados durante as obras.

    Esta segunda dívida está na casa dos R$ 350 milhões, totalizando assim R$ 750 milhões a serem pagos pelo clube. Os R$ 420 milhões restantes serão abatidos pelos CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento) liberados pela Prefeitura de São Paulo.

    O Corinthians tem honrado os compromissos e espera quitar a divida em 12 anos. O fundo responsável pela captação de recursos da arena tem verba suficiente para pagar as próximas parcelas, mas depende de novas receitas para se manter sem sustos.

    O clube ainda negocia os “naming rights” do estádio, que podem ser a maior contribuição para o pagamento. O pedido inicial é de R$ 400 milhões para batizar e explorar a arena por 20 anos, mas as negociações estão em andamento e ainda sem prazo de conclusão.

    Há também a exploração de camarotes e espaços corporativos, que vêm sendo negociados com o marketing do Corinthians. As obras ainda pendentes impedem que o clube acelere as vendas. A previsão da construtora Odebrecht é de que o estádio fique 100% pronto ainda neste ano.

    Veja Também

    Comments (9)

    1. Avatar
      Carlos Junior Eliana Costa

      Kkkkkkkkk

    2. Avatar
      Jose D. Lira Lira

      ESTA NAÇÃO É DE MAIS ..É SÓ OS DIRIGENTE DO TIMÃO FAZER VALER E TER DIGNIDADE E TRABALHAR ESTA MARCA E CLUBE QUE É CORINTHIANS SEMPRE GIGANTE POR NATUREZA…SENSACIONAL…!1..

    3. Avatar
      Eduardo Miller Miller

      Caiu na Rede É Peixe Lêh Lêh Ah .. O Timão Vai Golear.
      Vai Corinthians .

    4. Avatar
      Felipe Mendes

      O campeão só sair , quando o campeonato acabar.
      Calma empolgados.

    5. Avatar
      Robson Greyck Vendrami Greyck Vendrami

      E noisss

    6. Avatar
      Guguinha Portugal

      Campeão dos campeões ;; Vai Corinthinas

    7. Avatar
      Dheferson Silva

      Campeão

    8. Avatar
      Dionizio Felix

      Eu vai Corinthians

    9. Avatar
      Jhúnior Qz Jr.

      CAMPEÃO BRASILEIRO 2015…

      Que acredita??? Curti!!

    Comments are closed.