Ralf - Corinthians

    Ralf ganha espaço, e Gabriel vive primeiro momento de ameaça no Corinthians

    Fábio Carille esboçou no treino de quarta-feira a escalação do Corinthians com Ralf, de 33 anos, na vaga de Gabriel, de 25. O treinador tenta encontrar uma formação para a decisão do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, domingo, às 16h, na arena do rival.

    Absoluto na função desde que o vetrano meio-campista foi contratado até meados de março, Gabriel vive no clube o seu primeiro momento de ameaça à vaga de titular. E justo às vésperas de uma final contra seu ex-clube – algo que sempre lhe traz motivação.

    Dono da vaga em 2017, Gabriel só não jogou quando esteve suspenso, dando lugar a Paulo Roberto.

    Mas as coisas mudam…

    Neste ano, com a contratação de Ralf, o volante pode ser colocado na reserva pela segunda vez por opção técnica. A primeira aconteceu na vitória por 2 a 0 contra o Bragantino, em Itaquera, quando a comissão técnica escolheu aumentar a estatura do time para evitar gols pelo alto – o que deu certo.

    No jogo seguinte, contra o São Paulo, no Morumbi, os dois atuaram lado a lado. O time perdeu o jogo (1 a 0) e teve menos criação, mas impediu que o rival construísse uma vantagem maior. Na volta, com o time mais à frente, Ralf regressou para a reserva, e Gabriel engatou dois jogos no time.

    Agora, novamente, Carille se vê com uma disputa parelha no meio-campo, com dois jogadores de marcação, estilos parecidos, mas algumas características diferentes.

    – Gabriel é perna mais rápida, encurta mais rápido, até pelo seu tamanho. Ralf tem mais imposição, tem uma força por cima de se impor mesmo – analisou o técnico, após o jogo contra o Bragantino.

    Até a grande decisão, Carille terá ainda mais três treinos para definir a equipe titular. Nesta quinta-feira, ele comanda atividade tática no CT Joaquim Grava.

    Veja Também