Rebaixado para Benfica B, ex-lateral do Grêmio é oferecido ao Corinthians

    • Reprodução/Instagram

    Com ingressos entre 2 e 5 euros, longe das câmeras e sem a pressão dos torcedores, o time B do Benfica manda seus jogos no Caixa Futebol Campus, centro de treinamento do clube. Na última semana, na vitória de 1 a 0 sobre o Arouca, uma cara nova, enfim, fez a sua estreia em partidas oficiais nesta temporada: o lateral esquerdo Marcelo Hermes, ex-Grêmio.

    A entrada do jovem jogador de 22 anos em campo teve participação direta do presidente Luis Filipe Vieira, que pediu a sua utilização antes da reabertura da janela de transferências, em janeiro.

    Mesmo livre ao assinar contrato, o Benfica teve de desembolsar 2,9 milhões de euros pela revelação do tricolor gaúcho em custos de intermediação, conforme prestação de contas, e agora quer emprestá-lo. Segundo o UOL Esporte apurou, Hermes pretende voltar ao Brasil, trocou de representante e teve seu nome oferecido ao Corinthians como alternativa a Guilherme Arana, vendido ao Sevilla, após a conquista do Brasileirão.

    Pessoas próximas ao time alvinegro confirmam que ele está em análise para 2018, porém, pregam cautela. A princípio, outros atletas estão à sua frente no mercado.

    O técnico Fábio Carille conta atualmente com duas opções para o lado esquerdo da defesa: Moisés, que não convenceu neste ano e tem o interesse do Bahia, e Marciel, que atua como volante, mas acabou sendo improvisado na posição. O objetivo, portanto, é conseguir um jogador que chegue para ser titular na Libertadores, principal competição no calendário.

    Entre outros motivos, pesa contra Marcelo Hermes o seu longo período de inatividade em Portugal.

    Depois de ser promovido por Felipão em 2015 e agradar em sua primeira temporada pelo Grêmio, ele foi reserva de Marcelo Oliveira e se viu em meio a imbróglio em torno de sua renovação no ano seguinte. Com a negativa tricolor em aceitar a sua pedida, foi afastado e ficou sem atuar. Em janeiro, se apresentou, então, ao Benfica, porém fez apenas um jogo pela Liga Portuguesa em seus primeiros seis meses, sendo escalado mais à frente, como extremo pela esquerda.

    No meio do ano, quase foi parar no Amiens, da França, mas acabou seguindo na Luz. Incomodado com a situação atual, chegou a publicar mensagem enigmática nas redes sociais. “Paciência para respeitar, aceitar e entender o tempo certo de tudo”, escreveu.

    Segundo informações colhidas pela reportagem, a despeito da movimentação de seu estafe para trazê-lo de volta ao Brasil, o Benfica se mostra reticente e prefere vê-lo em ação no futebol europeu para acelerar a sua adaptação. Existem conversas paralelas para a sua ida para a Espanha. O Levante é um dos clubes que mostrou interesse.

    Seria uma forma de justificar, assim, os 2,9 milhões de euros pagos em comissão em sua vinda para Lisboa e que causam estranheza no clube por se tratar de um atleta que estava em fim de contrato com o Grêmio e que, portanto, não deveria supostamente representar um custo elevado para os seus cofres.

    Com vínculo até 2022, Marcelo Hermes tem multa rescisória de 45 milhões de euros.

    Veja Também