“Recuperados”, Marquinhos Gabriel e Giovanni disputam vaga de Jadson

    • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Dois dos principais reforços do Corinthians em 2016, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto ainda não renderam o esperado. A dupla, entretanto, teve a confiança da comissão técnica neste ano e agora disputa a posição no time titular – Jadson sofreu fraturas na costela e ficará fora por cerca de um mês.

    O técnico Fábio Carille cansou de dizer que iria “recuperar” os dois jogadores. A confiança depositada em Marquinhos e Giovanni não foi a mesma com Guilherme, que também chegou ao Corinthians em 2016 e foi emprestado ao Atlético-PR até o fim de 2018.

    Marquinhos despertou o interesse do Santos ainda no fim do ano passado. Giovanni, por sua vez, ficou perto de ir para o Internacional em abril, mas o meia recusou a oferta. Em ambos os casos, os jogadores ouviram da diretoria e comissão técnica que seriam importantes ao longo do ano.

    Para a vaga de Jadson nos próximos jogos, Marquinhos sai na frente na disputa. Ele é o reserva imediato na posição e só não enfrentou o Fluminense porque estava suspenso. Por outro lado, Giovanni deu assistência para o gol de Balbuena e recebeu elogios de Carille após a partida no Rio de Janeiro.

    A tendência é que Marquinhos volte ao time nesta quarta-feira, contra o Patriotas (COL), pela Copa Sul-Americana, até porque teve uma conversa reservada com Carille durante o treino da última segunda – a equipe deve ser definida na tarde desta terça. Agora, porém, ele sabe que tem Giovanni como forte concorrente pela vaga.

    Nesta temporada, Marquinhos participou de 21 jogos e fez quatro gols, enquanto Giovanni atuou em 13 partidas e ainda não marcou. Ao todo, é Giovanni quem mais atuou pelo Timão: 66 vezes contra 60.

    Marquinhos tem contrato até julho de 2020. Já Giovanni até o fim de 2019. Confiança para brilhar pelo Timão eles têm, e agora precisam mostrar que estão realmente recuperados.

    Veja Também