Reservas do Timão herdam obrigação de tentar vencer Grêmio

    O Corinthians que enfrenta o Grêmio às 17 horas (de Brasília) deste domingo, no Olímpico, será bem diferente do que somou um só ponto na segunda e terceira rodadas. Inteiro reserva, à exceção do lateral esquerdo Fábio Santos, o time herda de novo a responsabilidade de tentar a primeira vitória na competição.

    Mesmo frustrado com o empate de quinta-feira para o Figueirense, quando sofreu gol quando tinha um jogador a mais, o técnico Tite não vai mexer na programação que havia antecipado ao longo da semana: ele preservará os titulares para o jogo da próxima semana, contra o Santos, pela primeira semifinal da Copa Libertadores.

    A mudança começa no gol. Danilo Fernandes assume a meta e deixa Cássio no banco, enquanto Julio Cesar nem viajou a Porto Alegre para ser padrinho de casamento do ex-corintiano Dentinho. Quem também fica em São Paulo é Liedson. O camisa 9, com só três gols em jogos oficiais na temporada, perdeu espaço de vez no elenco e está em fim de contrato.

    O único jogador considerado titular realmente é Fábio Santos. O lateral vai a campo por ter cumprido suspensão na rodada passada. De resto, a formação será composta por novidades. Como o zagueiro Wallace, que não atua desde 4 de março, quando rompeu os ligamentos do tornozelo esquerdo, e volta ao time após três meses.

    “Nossa responsabilidade é tirar o time da zona de rebaixamento, mesmo que seja início de campeonato, porque os pontos têm a mesma importância para a soma geral lá no final. Essa é a responsabilidade de quem joga, de quem veste a camisa do Corinthians”, analisou o defensor, que terá o jovem Antonio Carlos como parceiro.

    No Grêmio, a ideia é aproveitar o fato de o rival atuar com suplentes para buscar mais uma vitória. Ao contrário de Tite, Vanderlei Luxemburgo escalará força máxima, mesmo tendo também compromisso mais importante na quarta-feira, diante do Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil.

    Atual quinto colocado, com seis pontos, o time gaúcho quer se manter próxima dos líderes. Iniciar bem a competição, mesmo com mata-mata paralelo, é considerado fundamental para uma campanha que busque o título brasileiro no fim do ano.

    A vitória fora de casa diante do Atlético-GO, na última quarta, foi elogiada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. “Tivemos um recesso de dez dias, sendo quatro com treinamentos em dois turnos. O resultado foi visto em campo. Nós jogamos com autoridade”, destacou o treinador.

    A equipe deve ser a mesma que atuou em Goiânia, à exceção de Naldo, que sentiu desconforto muscular no primeiro tempo e será substituído por Vilson. Werley, Edilson e Kleber, recuperados de lesões, devem ser opções no banco de reservas. Os três estão sendo trabalhados para atuar diante do Palmeiras desde o começo da partida. O Gladiador já atuou por 28 minutos em Goiânia, e teve boa participação.

    Reportagem: Gazeta Esportiva

    Veja Também

    Notícias do Corinthians