Reunião do Conselho do Corinthians é suspensa por ameaças

Na noite desta terça-feira, 20 de outubro, aconteceria na Neo Química Arena uma importante reunião do Conselho Deliberativo do Corinthians.

Tal reunião era tida como o fim da era Andrés Sanchez no Timão por alas da oposição no Parque São Jorge.

Na reunião, o principal assunto seria a aprovação das contas de 2019.

Com dados obscuros e falta de transparência, muitos acreditavam na reprovação das contas.

A suspensão da reunião foi devido a ameaças que conselheiros estão recebendo nos últimos dias. No entanto, não se sabe se as ameaças são uma forma de pressionar pela aprovação ou reprovação das contas.

Antonio Goulart, presidente do Conselho, divulgou carta que confirma o cancelamento da reunião:

Ilustríssimos senhores(as) conselheiros(as)

Em razão da divulgação não autorizada na rede social Facebook para público externo ao quadro associativo do Clube, da relação nominal de todos os nobres conselheiros e de seus respectivos votos nas reuniões do CD desde 2017, gerando clima de insegurança e temor;

Considerando o elevado número de manifestações via e-mail, aplicativo de mensagens e telefone, por parte de pessoas que temem por sua segurança pessoal e de seus familiares;

Considerando ainda o clima extremamente conflituoso gerado por tal publicação;

SUSPENDO a realização da reunião do egrégio Conselho Deliberativo designada para esta data, na Neo Química Arena, às 18h e 19h, em primeira e segunda convocação respectivamente, a qual será remarcada imediatamente após esclarecimento dos fatos pelos responsáveis e entendimento de ajuste de conduta com esta Presidência.

Cordialmente,
Antonio Goulart dos Reis
Presidente do Conselho Deliberativo do SCCP

Veja Também

Notícias do Corinthians