Rodriguinho revela por que recusou proposta milionária e continuou no Corinthians

    Líder isolado do Campeonato Brasileiro, o Corinthians faz uma grande campanha na competição. E fruto disso é o bom rendimento de alguns atletas, entre eles Rodriguinho, peça importante do time do técnico Fábio Carille. Só que por muito pouco o meio-campista deixou o Parque São Jorge neste ano.

    Veja a programação da semana no FOX Sports

    Em entrevista ao Bolívia Talk Show, do canal Desimpedidos, o camisa 26 abriu o jogo sobre as propostas que recebeu neste período. O futebol chinês seria o destino, mas Rodriguinho decidiu seguir em busca da consolidação da boa fase pelo Timão:

    “Quase, viu. Seria bom, financeiramente, sem dúvida, muita gente foi para lá. Eles investiram tanto, são muitos jogadores de nome lá. Deve ser legal também jogar lá. Não é um Campeonato Brasileiro que é tão disputado, mas com o dinheiro que eles pagam lá, todo mundo iria”, afirmou o meia, que disse o motivo da permanência:

    “Primeiro a fase que eu estava vivendo, me consolidando como um jogador com a cara do Corinthians, com o apoio da torcida. E com um ano muito promissor que seria esse”.

    Além da China, o futebol turco também quase levou Rodriguinho. Segundo ele, a grana era forte de ambos os lados, o que mexeu um pouco com a sua cabeça. A saída se tornou algo muito provável, mas o próprio admitiu que uma conversa com a diretoria o colocou nos trilhos:

    ‘Eu só pensei em sair do Corinthians mesmo para uma China, que eu iria mudar de vida absurdamente. Ou como aconteceu no começo do ano, um time da Europa como o Fenerbahçe. Isso seriam profissionalmente coisas boas, mas a gente sentou, conversou, bateu aquela vontade de ficar. Conversei com a diretoria e foi bom para todo mundo. Tirei da cabeça e sosseguei”.

    Saiba mais:

    Neymar bate bola no campo

    Empresário dá dica sobre multa

    Toda a coletiva de Neymar

    Veja Também