Roger Flores fala sobre apelido ‘chinelinho’ e conta: ‘Quase fiz propaganda de chinelo’

    Revelado pelo Fluminense, mas com história também no Corinthians e Cruzeiro, o ex-meio-campista Roger Flores participou do Bolivia Talk Show, do canal Desimpedidos, do Youtube. Dentre inúmeros assuntos, o ex-meio-campista contou sobre o apelido de ‘chinelinho’ por conta do excesso de lesões e a ausência em partidas importantes ao longo da carreira.

    Leia também:

    Lincoln é comparado a Adriano Imperador

    Jornal: Özil trocará Arsenal por rival inglês

    Real apalavrado com meia do Palmeiras

    “Eu ficava muito bravo, ficava p*** da vida. É muito delicado a gente estar nessa situação. Você está machucado, toma cobrança na rua e ainda assim você não pode entrar em campo por que está machucado. Pior que eu quase fiz um comercial com a Havaianas, de chinelo, mas acabou não dando certo’, contou o atual apresentador do Sportv.

    Além disso, o ex-atleta contou que por muito pouco não defendeu uma outra seleção, além da brasileira. Por conta da mãe de Roer Flores ter nascido em Trinidad e Tobago, o apresentador tentou defender o país caribenho em uma Copa do Mundo: ‘Fui atrás de toda a documentação e consegui o passaporte. Só que não deu tempo. Fiquei perto de disputar duas Copas com o Brasil, mas não deu certo’.

    Veja Também