Se Arana deve sair, Jô e Pablo falam em seguir no Corinthians em 2017

    Questionado pela equipe do Sportv ainda no gramado da Arena Corinthians, Guilherme Arana não fez mistério e deixou claro que está prestes a se transferir para o Sevilla. Só que o torcedor não precisa só ter preocupações para o próximo ano. Na mesma festa após a vitória sobre o Fluminense, por 3 a 1, Jô e Pablo, outros titulares sem permanência garantida, falaram em ficar.

    “Foi a minha temporada. Foi a melhor. Consegui focar no meu trabalho, desempenhar todas as funções… Quero alçar coisas maiores. Agora quero a Libertadores ano que vem. Agora vamos entrar de férias. Vou ficar para a Libertadores. Tenho contrato. Amo esse clube de paixão. Tenho que só continuar vivendo o meu trabalho”, disse Jô, que era apontado como uma das possíveis dores de cabeça do Corinthians para o mercado da bola.

    “Minha vontade de ficar é 10, eu tenho contrato, eu amo esse clube, vivo um ano maravilhoso. Não posso pensar em outra coisa a não ser ficar”, completou o atacante à Bandeirantes.

    “A conversa que tivemos essa semana foi muito boa. A chance é muito grande. É difícil falar isso. Não tenho como cravar isso agora, mas a chance é enorme [de ficar]. Vai dar tudo certo”, disse o zagueiro Pablo, que desde o meio do ano trava uma dura negociação com o Corinthians e o Bordeaux, que detém seus direitos econômicos e o emprestou ao clube paulista.

    As falas dos dois titulares, ainda que não sejam definitivas, servem de alívio para o torcedor corintiano. Em 2015, ano do último título brasileiro, o planejamento para o ano seguinte foi prejudicado por uma debandada do time campeão com Jadson, Renato Augusto, Gil e companhia. Agora, a expectativa é que o Corinthians consiga manter ao menos a maioria dos destaques do hepta para a disputa da Libertadores. 

    Veja Também

    Notícias do Corinthians