Sylvinho vê Tite na Europa e nega recusa ao Corinthians

    O ex-lateral Sylvinho, é auxiliar de Tite na comissão técnica da Seleção Brasileira. Aos 41 anos, com muita experiência na Europa como jogador, Sylvinho concedeu entrevista exclusiva ao blog, falando sobre o trabalho na seleção, convite do Corinthians e a luta para chegar à Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Acompanhem abaixo.

    Experiência européia ajuda na Seleção

    ”Sim. Minha experiência européia tem ajudado demais porque é uma experiência internacional e seleção brasileira é internacional. Muitos atletas nossos também jogam nesses grandes centros europeus, enfim, toda essa história e tudo aquilo também já como comissão técnica de ter a oportunidade de ter trabalhado na Inter de Milão, ajuda muito. Acredito que sim. Eu pelo menos me sinto assim, útil e em condições de estar ajudando nesta parte”.

    Convite do Corinthians para assumir como técnico

    ”A palavra recusou ela ficou forte. Eu conversei com o Roberto de Andrade, depois evidentemente, ela sai e assim é. Houve uma aproximação por causa de uma tendência de pesquisa, uma situação que foi colocada e meu nome ganhou força. Foi muito ventilado, ecoou favoravelmente. Evidentemente que eu fiquei feliz por isso, mas como eu sabia que não havia a mínima condição porque eu tinha contrato na Inter de Milão. Eu saí do Corinthians para me graduar, estou no meio dos cursos da Uefa. Com contrato em vigor naquele momento, eu conversei diretamente com o Roberto de Andrade, uma pessoa que eu tenho um respeito enorme, muito grande, coloquei só minha situação que era toda essa, que quando ele estava entrando na gestão, ele sabia que eu estava saindo para a Inter para isso. O momento não era aquele, que eu tinha ainda um estágio a cumprir, não só profissional, de graduação, senão contratual, que eu não via aquele momento próprio para mim. Ele entendeu perfeitamente e sabia dessa situação, quando eu saí do Corinthians. Então, houve uma aproximação. O Corinthians sim, buscou, mas nem chegamos a falar em dinheiro e eu fiquei até satisfeito por isso”.

    Geração brasileira e de laterais esquerdos

    ”O Brasil, por mais que a gente reclame ou que a gente tenha um nível de exigência altíssimo com relação aos atletas, a gente cobra mais e muitas vezes acaba exagerando ou pelo menos, de ter a opinião que a safra não é boa, a geração não é boa. Só que na Europa eles vêem justamente o contrário e eu acho que o olhar deles não está absolutamente errado. O que passou, passou. Vamos falar do que é atual, e mesmo atual a safra e a geração brasileira é boa, a nível geral e atual porque o europeu ele me diz, quantos laterais esquerdos vocês têm? Três, quatro, cinco. Temos que estar monitorando todos eles. Algumas grandes seleções européias, eles têm um, dois, de repente surge um terceiro, muito difícil. Olha que estamos falando de grandes centros, seleções, grandes países, e nós temos realmente. Então, por este lado, eu entendo que a nossa safra é boa, a geração sim é boa, atual e se pode trabalhar bem. Temos monitorado quatro a cinco laterais esquerdos com qualidade, jogando no exterior, alguns jogando no circuito nacional e atletas que a qualquer momento podem vestir a camisa da seleção. Acho muito boa”.

    Sistema de gestão e organização brasileira

    ”Tudo isso não é pertinente à minha área de atuação. A minha área de atuação é campo. Sou auxiliar técnico, pretendo ser um treinador de futebol no futuro. O que eu vejo é que o Brasil evoluiu muito. CTs, as condições, fisioterapeutas, fisiologistas, preparadores físicos, médicos, treinadores cada vez mais inquietos, com seus sistemas táticos evoluindo. Óbvio que na Europa, a gente já tem tudo isso colocado. Times jogando bem colocadinhos no 4-3-3, 4-1-4-1, mas o Brasil na minha área, cresceu muito, tem muito para crescer e continua crescendo. A pergunta é pertinente mais a uma outra área, não é a minha. Eu posso opinar por opinar como uma pessoa normal, mas sem propriedade porque não é minha área de atuação”.

    Tite em relação aos outros técnicos que trabalhou

    ”Acho difícil comparações e não por estar numa situação..Primeiro porque eu não acho justo em todos os sentidos, quando se faz de atletas também. A pergunta Zico foi melhor que Ronaldo? Para mim, são comparações que muitas vezes até não são justas, de cada um ter o seu valor. Eu tive a sorte de como jogador trabalhar com Wenger, Luxemburgo, Rijkard, Guardiola, o próprio Roberto Mancini, eu estava com ele na Inter de Milão, trabalhei com ele também. Depois, tive uma felicidade enorme também de reencontrar o Roberto Mancini já como treinador e o staff dele, Tite duas vezes no Corinthians e agora na seleção, Mano Menezes um ano no Corinthians, Vágner Mancini que me inseriu nesse mercado, em 2011, no Cruzeiro e são todos treinadores com as suas condições, os seus potenciais, diferenciados e que na verdade o que está absorvendo tudo de cada um deles, tem sido eu. Mais jovem, mais novo em tudo e que tem aprendido. Evidentemente, que o Tite, por todos estes títulos, pela sua metodologia e forma de trabalhar, que está alcançando, que chegou numa seleção brasileira com todos os seus méritos, realmente é um grande treinador como todos os demais que eu conheci, também são. Cada um com suas virtudes. suas qualidades e com suas metodologias de trabalho. Para mim, hoje, o Tite é muito completo e já falei para ele. Eu tenho condições de avaliar os trabalhos na Europa, não só como atleta, mas também como comissão técnica. O Tite tem amplas condições para assumir um time na Europa e tocar o trabalho dele com a metodologia, sem problema algum. Ele está num nível muito alto e quando eu falo isso, evidentemente que eu sei que tem algumas restrições de uma ou outras coisinhas, mas eu falo de metodologia de trabalho, trabalho de campo e gestão”.

    Brasil corre risco de não ir à Copa 

    ”No futebol, tudo pode ocorrer. O que eu sei e são fatos, é que há duas rodadas atrás, estávamos numa sétima colocação, que não interessava. Passadas duas rodadas, estamos em segundo. A regra do campeonato, da situação, diz: são quatro que vão direto e um quinto para a repescagem. Nós queremos as quatro, depois uma quinta, já houve situações. O objetivo são os quatro. Em cima destes fatos e circunstâncias, a briga é buscar estas quatro. Eu sei que a pergunta não é assim. A resposta é que tudo pode ocorrer no futebol. A nossa visão é colocar a seleção neste nível que ela entrou de pontuação, jogando ainda melhor ou como algumas outras coisas que podem ser feitas e tentar manter estas quatro primeiras posições”.

    Silvinho foi lateral do Corinthians, Arsenal, Barcelona e Manchester City, antes de se tornar auxiliar técnico. A Seleção Brasileira tem 15 pontos e ocupa a segunda colocação, nas Eliminatórias Sul-Americanas. Enfrenta a Bolívia, nesta quinta-feira e depois pega a Venezuela, dia 11 de outubro.

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians
    Jadson

    Comments (20)

    1. Avatar
      CLAUDIO MARTÍNEZ

      O TIMÃO SO CONTRATA CABEÇA DE BAGRE

    2. Avatar
      Lucas Silva

      Contratem o sylvinho

    3. Avatar
      Eriverton Adaiana

      Quem quer vir pra um time vulnerável onde só se pensa em negociar jogadores e o técnico que se vire com o que sobra, sem qualquer planejamento, melhor não vir mesmo, FORA PRESIDENTE

    4. Avatar
      Felipe Rafael

      Ronaldo Sousa

    5. rapaz, 400 milhoes ja e muito baixo por 20 anos, vejam o real quanto esta custando, estes 400 milhoes eram quando o real estava um pouco alem de 1,50 por dolar, facam as contas, e melhor fica com o nome de arena corinthians do que ceder naming rights de graca. o corinthians e muito maior do que voces fazem ideia.

    6. Avatar
      Weslley Moreno

      Ele não mano

    7. Avatar
      Josivan Lima

      Isso e mentira! eu duvido q chegou algum convite p ele(Sylvinho) esse presidente além de ladrão e mentiroso…

    8. Avatar
      Mauricio Ferreira

      Mano como a galera fala merda aqui…o cara tá na Europa…. Tá fazendo estágios… Tá aprendendo…e neguinho já falando que o cara é ingrato?

      • Avatar
        Rafael Ramos

        Ele não está na Europa, ele é auxiliar do Tite na seleção…ele estava na Europa…

      • Avatar
        Mauricio Ferreira

        Sim agora ele foi pra seleção…mas antes é o que falei…

    9. Avatar
      Danilo Moreira

      Santos contratando Keno e Corinthians trazendo Luidy, agora me diz presidente bundão de Andrade como o Santos sem patrocínio milionário, sem renda de público expressiva, sem dinheiro da TV consegue contratar bons jogadores e o Timão só refugo?

      • Avatar
        Wilton Cantarino

        Diretoria medíocre incompetênte irmao ….com a venda do Gabigol o santos lucrou mais q o corinthians vendendo nosso time todo e enchendo os próprios bolsos !!! Ta osso ver o corinthians assim #foradiretoriamediocre

      • Avatar
        Danilo Moreira

        Ta foda , multas baixas, uma máfia de vender jogadores! Tenho certeza q não fechou o nome do estádio pq querem um contrato onde possam levar um dinheiro por fora

      • Avatar
        Guilherme Rodrigues

        Santos tá pagando a vila ainda ne

      • Avatar
        Rafael Ramos

        É porque o dinheiro das vendas ele está investindo nas lojas de carros importados dele
        A crise é tão grande que ele não tá conseguindo paga os IPVA dos carros !!!!!

      • Avatar
        Danilo Moreira

        Ta foda! Esse vendedor de carros bundão, vi no blog do neto q ele quer Oswaldo de Oliveria ano q vem kkk uma cagada atrás da outra.

    10. Avatar
      Jonas Thaddyus

      Ingratidão desse cara.

    11. Avatar
      Gleidson Saldanha

      Sai fora engrato o coringao nao precissa de vc fdp.

    12. Avatar
      André Sanchez

      Esse não quero no SCCP.

    13. Avatar
      Aguinaldo Montresol

      Vem para o meu timao

    Comments are closed.