Taffarel explica por que Cássio está na frente de Vanderlei na seleção

    Embora exista para definir quem será o terceiro goleiro da seleção, a maior polêmica das últimas listas de Tite está centralizada na disputa entre Cássio e Vanderlei. Preparador de goleiros de Tite, Taffarel explicou, na última terça-feira, após a vitória contra o Chile, o motivo da escolha.

    “O Cássio está muito bem no Corinthians. Eu gosto de como ele joga, ele tem a postura correta e muito segura. Eu gosto disso. É a segunda vez que ele vem e eu vejo ele mais solto, mais à vontade e treinando muito bem. Não podemos ficar na análise apenas de campo, porque poucos jogam”, explicou.

    “Os treinamentos dele são muito bons. E nos treinamentos eu vejo um comprometimento muito grande dele. Você pode ver que os colegas elogiaram muito. E é assim que a gente sabe quem está mais à vontade, mais seguro e pronto para a seleção”, completou.

    Apesar de indicar que o trio de goleiros para a Copa deve ter mesmo Alisson, Ederson e Cássio, Taffarel destacou que a disputa ainda não está encerrada e que Tite dará a palavra final.

    Segundo ele, há uma conversa para que a comissão indique os melhores de cada posição, mas que a decisão caberá ao treinador.

    “A partir de amanhã a gente pensa e conversa, porque não tem nada definido. Vamos pensar neste momento, porque o futuro é amanhã. A gente se reuniu, conversou, mas a decisão final é do Tite. Eu acho que o Cássio está à frente, está mais preparado do que o Vanderlei, mas isso não significa que as coisas estão fechadas”, completou.

    Lucas Figueiredo/CBF

    O goleiro Ederson em treino da seleção, em Teresópolis

    Ederson se consolida como segunda opção

    No jogo de terça-feira, Ederson foi o primeiro goleiro que não Alisson a disputar uma partida oficial pela seleção brasileira sob o comando de Tite. Antes, Diego Alves e Weverton tinham sido usados em jogos amistosos.

    Na entrevista após o triunfo em cima do Chile, o técnico repetiu Taffarel e disse que a briga não está encerrada, mas mostrou bastante entusiasmo com Ederson.

    “Não está fechado, não. Fiz questão de adiantar o Ederson para jogar porque seria injusto colocar na altitude. Daqui a pouco ele falha em uma bola que viaja e tiro uma conclusão errada. Antecipei que ele ia jogar aqui e usamos até uma jogada ensaiada do City”, afirmou ele aos risos.

    “Ele fez uma reposição…a reposição do Ederson, os fisiologistas, a cinesiologia, tem de ser estudada. Ele tem uma alavanca ‘deste tamanhozinho’ e a bola atravessa o campo e ele deixa o Jesus na cara. Não está fechado, temos grandes nomes”, finalizou.

    Veja Também