Técnico do Corinthians admite que pode perder destaque do time no Brasileirão em julho

    Passadas seis rodadas do Campeonato Brasileiro, o Corinthians é o líder isolado com 16 pontos ganhos, oriundos de cinco vitórias e um empate. Para que a boa fase não abandone o clube de Parque São Jorge, o técnico Fábio Carille torce para que o elenco não sofra um ‘desmanche’ na janela de transferências que se inicia em julho.

    “Todo técnico gosta de reforço (risos), mas o principal reforço, que eu falo nas entrevistas, é manter o grupo. Vamos fazer um grande campeonato se não sair ninguém”, disse o treinador à TV Gazeta.

    Um dos jogadores do elenco alvinegro que pode entrar no radar europeu, Guilherme Arana é peça fundamental no esquema corintiano, destacando-se pelos ótimos cruzamentos. Ciente disso, o treinador não esconde estar temeroso por uma eventual saída do lateral esquerdo, mas confia no esforço da diretoria para mantê-lo no grupo até dezembro.

    “A diretoria vai trabalhar muito para que não seja agora, e sim no final do ano, mas sabemos que nessa janela tudo pode acontecer. É um garoto com muita personalidade, fez 20 anos agora, em 2015 ele ajudou na conquista do Brasileiro, ganhou confiança e estamos muito felizes porque ele está dando uma resposta muito boa”, ressaltou.

    Questionado sobre outros jovens, os atacantes Pedrinho e Carlinhos, de 19 e 20 anos, respectivamente, destaques na conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Carille afirmou que ambos precisam de mais tempo para atingirem o amadurecimento do profissional.

    “O Pedrinho já participou bastante do Paulista. Estamos dando um alpiste melhor para ele. O Carlinhos operou depois da Copa São Paulo, está indo para o sub-20 para se recuperar, e o Jô tem que dar um espaço para ele também (risos)”, concluiu, referindo-se ao bom momento do experiente centroavante.

    Saiba mais:

    Coutinho fala do Barcelona

    Diego Costa no Brasil?

    Espanhóis querem corintiano

    Veja Também