Tite comemora, mas pede: ‘Precisamos manter isso’

    Tite estava satisfeito após o quarto triunfo consecutivo da equipe, que foi a Prudente após vencer Cruz Azul, Palmeiras e XV de Piracicaba. Mas o treinador quer manter a eficiência ofensiva demonstrada contra o Oeste, que levou 3 a 0.

    “Fizemos três gols e criamos um número grande de oportunidades. Estava faltando transformar desempenho em mais gols. Estávamos criando muito e transformando pouco. Nesta rodada conseguimos, mas precisa continuar assim”, lembrou.

    Tite ainda lembrou que o desempenho em termos de bola na rede não foi inédito na atual temporada.

    “Também fizemos contra o Comercial (3 a 3, em 18 de março, em Ribeirão Preto). Em 30 jogos, não tomamos gols em 15 e só deixamos de fazer contra Cruz Azul e Santos, em que criamos oportunidades. Estamos sendo efetivos”, sentenciou.

    Apesar do pedido para manutenção da efetividade ofensiva, o treinador não está insatisfeito. Tite rasgou elogios à equipe, que é líder de seu grupo na Libertadores e está na briga pela ponta no Estadual.

    “Somos a segunda equipe que mais mantém passe, agredimos a marcação com lealdade, já que estamos entre as três mais disciplinadas, e ainda temos margem de crescimento. Nosso time é consistente.”

    BRONCA EM LIEDSON

    Ao comentar o fim do jejum de Liedson, o treinador revelou que a conversa nos vestiários não foi apenas em tom de comemoração. Tudo porque, em um determinado lance do segundo tempo, o camisa 9 quis fazer gol de placa, de calcanhar.

    “O Liedson tomou um puxão de orelha. Naquele lance que ele deu de calcanhar, era só girar e colocar para dentro. Aqui a cobrança é grande”, lembrou o comandante.

    Reportagem: Lance!

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians