Tite de operário? Técnico cumprirá promessa se ganhar a Libertadores

    Tite esteve, no último dia 30 de março, na obra da Arena Corinthians, em Itaquera, para dar uma “preleção” a mais de mil funcionários em uma das arquibancadas do futuro palco da abertura da Copa do Mundo de 2014. Depois, em entrevista à Rádio Estádio, que funciona 24 horas no canteiro, o técnico do Timão fez uma promessa.

    À época, o Corinthians ainda disputava a fase de grupos da Taça Libertadores da América, mas desde então a expectativa pelo inédito título era grande. Então, em bate-papo com Almir Fontenele, um dos responsáveis pela rádio, o treinador alvinegro foi convocado para um pacto em caso de título.

    – Vamos fazer um acordo aqui entre nós? Se você conseguir a Libertadores, você retorna aqui para darmos continuidade a esse papo? – questionou o entrevistador.

    Ainda emocionado com o momento que viveu diante dos operários, Tite aceitou prontamente e fez uma promessa ousada: trabalhar por um dia na obra.

    – Eu venho aqui no outro dia, coloco esse negócio (capacete), passo o dia inteiro na obra e vocês me mandam fazer o que quiserem aí – declarou o comandante. Segundo a assessoria de imprensa do treinador, por conta de compromissos com o clube, ele não teria como ir à Itaquera no dia seguinte, quinta-feira, mas confirmou que irá outro dia.

    Mais de três meses se passaram, o Corinthians avançou bem e chegou à final da Libertadores. A um jogo da conquista inédita, os funcionários da Arena Corinthians aguardam ansiosamente pelo resultado positivo para que possam “cobrar” de Tite a presença no canteiro para ajudar na construção de mais um sonho alvinegro.

    Basílio, autor de um dos gols mais importantes da história do clube, o do título paulista de 1977, após jejum de 23 anos, também prometeu voltar à Arena Corinthians em caso de título na competição sul-americana.

    A grande final da Libertadores, entre Corinthians e Boca Juniors, será nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio do Pacaembu. Na primeira partida, brasileiros e argentinos empataram por 1 a 1, em La Bombonera. Agora, quem quiser ficar com a taça terá de vencer a partida na capital paulista.

    Se o empate for novamente o resultado no tempo normal, a decisão vai para a prorrogação. Persistindo a igualdade, o título será definido nos pênaltis.

    Reportagem: Globo Esporte

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians