Tite enfim ganha desfalques e aumenta cobrança por reforços no Corinthians

    Costuma se dizer que um time sozinho não ganha o Campeonato Brasileiro. É necessário ter um elenco forte.

    Tite, que conquistou a edição 2011 pelo Corinthians, quer reforços para ir atrás do bicampeonato. Resistente à utilização de jogadores jovens, ele começa a sentir as carências de seu grupo justamente no momento de visível ascensão. São seis vitórias nos últimos oito jogos e, se antes soava impossível para um clube em crise, a liderança agora se transformou em um objetivo palpável. Mas os problemas se apresentam.

    Depois de quatro partidas consecutivas com os mesmos titulares, o Corinthians perdeu justamente seu jogador mais decisivo para enfrentar o primeiro colocado Atlético-MG no sábado que vem. Jadson recebeu o terceiro cartão amarelo e abriu para Tite um questionamento: quem do banco de reservas pode ser o substituto? O favorito, claro, é sempre Danilo. Mas correm por fora Ralf, Matheus Pereira e Rildo.

    Além disso, Tite também gostaria de ter opção confiável para seu titular que menos tem rendido. Vagner Love teve ascensão freada com duas apresentações abaixo da crítica nas vitórias contra Atlético-PR e Flamengo.

    Mesmo compreensivo, o treinador sequer disfarçou que gostaria de ter o colombiano Teo Gutiérrez como reforço. Porém, ele tem tudo certo para defender o Sporting-POR e saiu do radar. Assim como Jonathas, do Elche-ESP, Dentinho, do Shakhtar-UCR, e Biro Biro, da Ponte Preta. Não há, nesse momento, nenhuma contratação por perto. O nome iminente é Renê Júnior, volante, mas que só deve ter condições físicas de jogo em agosto.

    “Um campeonato premia regularidade. Ter elenco é muito importante. Dois jogadores para cada posição. Agora, precisamos repor. A equipe precisa se fortalecer. Cabe a criatividade para encontrar essas peças. Não exatamente achar ‘o cara’, mas alguém para fortalecer e consolidar essa equipe. Um atacante para repor o Guerrero”, exemplificou o treinador, que antes se mostrava reticente a falar em contratações.

    Dono da principal sequência de vitórias do Campeonato Brasileiro – seis seguidas, o Atlético-MG tem justamente no leque de opções do elenco sua principal arma. Tite também gostaria de ter um banco de reservas mais rico.

    Veja Também

    Comments (5)

    1. Avatar
      Danilo Cunha

      Reforços? Cade a porra da base? Vamos por os meninos ora jogar, a Europa assedia nossos garotos e os leva a preço de banana e depois que vem o arrependimento não adianta nada. Marciel, Léo, Yuri, Rodrigo Sam e outros meninos, tem que por pra ganhar ritmo de jogo.

    2. Avatar
      Henrique Araujo

      Mas 1 atacante,2 lateral de cada posição pra reserva!

      • Avatar
        Eliseu Maciel

        Como assim mais 1 atacante? Kkkk Corinthians não tem nenhum , Vágner Love não pode ser chamado de atacante, precisa contratar logo 2 atacantes.

      • Avatar
        Henrique Araujo

        É mesmo!kkkk

    3. Avatar
      Jairo Domingues

      Vaiii corinthians

    Comments are closed.