Tite foge do favoritismo para novo duelo contra a Ponte Preta

    Com apenas um titular, o Corinthians venceu a Ponte Preta por 2 a 1, domingo, em Campinas, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. A Macaca é também a adversária do Timão nas quartas de final do estadual. Para o técnico Tite, a equipe precisa esquecer o triunfo do fim de semana para não cair na armadilha de se ver como favorita no duelo do próximo fim de semana – a FPF divulgará as datas e horários na terça-feira.

    “Cada jogo tem uma característica diferente. Peço ao torcedor que não entenda que vai ser fácil porque ganhamos. Tem o nervosismo, a responsabilidade, são 90 minutos só. Não tem ida e volta. A Ponte Preta tem muita qualidade técnica. Temos muito respeito”, afirmou.

    Tite reconhece que o Corinthians chega como favorito para o duelo, mas já discursa com humildade. Após a vitória em Campinas, o treinador conversou com o grupo sobre a importância de manter o foco no próximo jogo contra o mesmo adversário. A Macaca acabou a fase de classificação na oitava posição.

    “Os jogadores sabem o quanto é difícil. Favoritismo, todos os grandes têm. Favoritismo não ganha, não entra em campo”, ressaltou.

    Como terminou em primeiro lugar, o Corinthians leva para o mata-mata o direito de decidir em casa os confrontos únicos e também a decisão do título, em duas partidas. O treinador, porém, entende que a Macaca não é o adversário ideal para esta fase do campeonato.

    “É uma vantagem pequena. Eu, como técnico, não gostaria de enfrentar a Ponte Preta pela organização e qualidade que tem. Mas eu também entendo que não se escolhe resultado. Fazemos o melhor possível para consolidar a equipe. São 90 minutos decisivos.”

    Reportagem: Globo Esporte

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians