Tite pede organização na hora de fazer o calendário

    O calendário tem sido um peso negativo para Tite nesta temporada. Assim como ocorrera contra o São Paulo (vitória por 1 a 0), quando na partida seguinte estreou pela Libertadores contra o Deportivo Táchira-VEN (empate por 1 a 1), o Timão enfrenta o Santos, neste domingo, antes de um duelo do torneio continental (quarta-feira, contra o Nacional-PAR). E esses dois episódios não serão os únicos incômodos do técnico corintiano.

    Antes de enfrentar o Palmeiras (25/3), o Alvinegro pega o Cruz Azul-MEX (18/3), pelo primeiro jogo da volta da fase de grupos. E ainda, a última partida da primeira fase da Libertadores antecederá as quartas de final do Paulistão. Para Tite, fica difícil manter sua força máxima pela má composição do calendário. E pede uma atenção especial para a Federação Paulista de Futebol na hora de elaborar a tabela do Estadual do ano que vem.

    “Não falo só em nome do Corinthians, mas para toda equipe que consegue uma classificação para a Libertadores. Dê a ela uma condição de trabalho melhor, faça um jogo que antecede o outro da competição em casa. Para nós, São Paulo, Santos, para quem se classificar. Não é dar benefício, é uma coisa lógica, um crescimento em termos de organização”, desabafou Tite.

    Para entrar com força máxima na estreia na Libertadores, Tite precisou poupar três atletas no clássico com o São Paulo. Liedson, Emerson e Alex ficaram fora do confronto. Na ocasião, Jorge Henrique fez boa atuação na vitória por 1 a 0, no Pacaembu, e acabou ganhando a vaga no time para o jogo contra o Deportivo Táchira-VEN, do então titular Alex.

    Agora, o clássico com o Santos surge como oportunidade para Douglas e Adriano, já que Danilo e Liedson serão poupados. E esta deve ser a tendência. Por causa da falta de preocupação da Federação com os clubes da Libertadores, os clássicos devem ficar esvaziados e com times mistos. Afinal, Muricy Ramalho também pode poupar algumas peças.

    Reportagem: Marca

    Veja Também

    Notícias do Corinthians