Tite ressalta importância do primeiro gol, mas destaca 'problema'

    O Corinthians não teve dificuldades para passar às quartas de final da Taça Libertadores. Com uma vitória tranquila diante do Emelec-EQU, por 3 a 0, no Pacaembu, pelas oitavas de final (veja os melhores momentos no vídeo ao lado), o Timão se classificou e agora enfrenta o Vasco.

    Apesar de o resultado diante dos equatorianos passar a impressão de que o jogo foi tranquilo, Tite ficou preocupado ao longo da partida, já que o Timão abriu o placar logo no início, mas demorou a fazer o segundo. Como a partida de ida havia sido 0 a 0, em caso de empate com gols a classificação acabaria com o Emelec.

    “Poderíamos ter feito 2 a 0 ainda no primeiro tempo. Vou dizer o que coloquei de estratégia para eles. Falei que só iríamos ficar tranquilos fazendo o segundo. No intervalo combinamos que só iríamos administrar resultado nos 10 minutos finais. Tenho experiência na competição, e ela me mostra que não pode administrar por muito tempo. Só no fim”, explicou o treinador.

    Após abrir o placar, o Corinthians recuou e deu campo para o Emelec. Mesmo com a qualidade técnica baixa e sem destaques individuais, os equatorianos assustaram em um lance ou outro. Tite considera normal a equipe dar mais espaços após marcar o gol.

    “Toda vez que tiver dois terços de domínio, vai ter um terço para o outro time. É inevitável. Eles vão ter posse de bola, mas o importante é não deixá-los criar oportunidades. É um ajuste que tem de ter. Posse de bola é fundamental.”

    Mesmo sendo perigosa a vitória parcial por 1 a 0, Tite comemorou o fato de o Timão ter aberto o placar logo no início. A preocupação dele era o time se desesperar no caso de não conseguir marcar ou, até mesmo, sair em desvantagem.

    “Entramos pensando que se tomássemos um gol iria virar um “Deus nos acuda”. Mas a equipe teve consistência. É um time muito forte, que sabe jogar em cima da adversidade.”

    O próximo adversário do Corinthians será o Vasco. A primeira partida será realizada no Rio de Janeiro, já que o Timão fez melhor campanha na fase de grupos da Taça Libertadores.

    Reportagem: Globo Esporte

    Veja Também

    Notícias do Corinthians