Tite volta a elogiar 'garotada' e lamenta falta de entrosamento

    O Corinthians entrou em campo com quatro jogadores formados na base – Danilo Fernandes, Marquinhos, Antônio Carlos e Gomes -, mas tirando Emerson e Willian, nenhum dos outros que jogaram contra o Comercial, neste domingo, conseguiram ser titulares com Tite.

    Apesar de ter perdido a liderança do Campeonato Paulista, o resultado de 3 a 3 e principalmente o gol aos 48 do segundo tempo, agradaram o treinador, que comemorou a força do elenco.

    “Um grupo de trabalho sempre depende do outro. Eu escuto dos jogadores que não entram sempre, dos garotos, que eu posso contar com eles. E é isso que eu vejo mesmo. Até os outros que já tiveram possibilidade de ser titular mostram vontade. Claro que jogar uma libertadores motiva, mas eu passei para eles que era um jogo importante que valia a liderança”, elogiou Tite, confirmando as palavras ditas por Emerson após o empate.

    “É impressionante a preleção dele. Ele sempre consegue motivar quem está de fora e não é titular. Tem coisa que a imprensa não vê, mas ele incendiou a equipe e fez a gente acreditar até o final”, disse o Sheik.

    A motivação citada por Emerson também é revelada pelo treinador, que citou um momento da partida para exemplificar o que tem visto da ‘garotada’. “Eu olho para o banco e vejo que eles estão babando para entrar na partida. Me bota pra jogar”, falou o treinador.

    “Hoje o Comercial fez um baita jogo e mesmo desentrosados conseguimos um empate. É importante que eles adquiram ritmo. Para o Ramirez foi importante para ter ritmo. Tentei dar mais liberdade ao Douglas e o Weldinho voltou bem”.

    Contra o Cruz Azul, na quarta-feira, o Corinthians terá a volta dos titulares. Neste domingo, eles não foram a campo a fim de serem preservados para o duelo da Copa Libertadores.

    Reportagem: UOL

    Veja Também

    Notícias do Corinthians
    Notícias do Corinthians