Torcedor percorreu mais de 300 km no Japão para acompanhar vitória corinthiana no Mundial

    Nesta terça-feira (12), a estreia vitoriosa do Corinthians no Mundial de Clubes da FIFA, no Japão, completa cinco anos. No dia 12 de dezembro de 2012, milhares de corinthianos acompanharam in loco o triunfo alvinegro sobre o Al-Ahly (EGI) por 1 a 0 pelas semifinais, que garantiu o passaporte para a final do torneio. No meio da Fiel que invadiu o outro lado do mundo e encheu o Toyota Stadium, estava Murilo Reis, paulistano que atravessou o planeta para ver o Timão de perto. Se dentro de campo, o Alvinegro lutou para chegar à decisão, Murilo suou para chegar ao estádio.

    Hospedado em Tóquio, capital do Japão, o torcedor e o pai dele enfrentaram uma maratona até a cidade de Toyota. Às vésperas da partida, a solução foi pedir ajuda para os demais corinthianos que estavam no país.

    “O primeiro jogo era distante de Tóquio, quase 300 km. Estava em cima da hora e não sabíamos como fazer para ir até Toyota. Tentamos entrar em contato com parte da torcida que estava lá e conseguimos lugares no ônibus para ir com eles”, contou Murilo.

    Para percorrer o longo percurso entre as cidades, os torcedores encararam pouco mais de cinco horas de viagem. Ao chegar no estádio, Murilo se deparou com uma verdadeira invasão preta e branca, que, segundo o paulistano, impressionou os japoneses.

    “Foi um absurdo. Antes de começar o jogo, o pessoal cantando na porta do estádio. De repente foi lotando. Um absurdo o tanto de gente que tinha lá. Foi uma invasão corinthiana mesmo. Os japoneses estavam até assustados com o tanto de pessoas que estavam no país”, relembrou.

    Veja Também